Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Diante de uma gestante que fez somente 2 consultas de pré-natal no primeiro trimestre da gestação e não havendo registro de qualquer tratamento realizado em suas anotações, considere as seguintes assertivas em relação ao recém-nascido: I- Se o VDRL materno, no momento do parto, for maior que 1:16, deve-se solicitar VDRL, FTA-ABs IgG e IgM, e análise do liquor, hemograma, RX de ossos longos, iniciando imediatamente o tratamento para sífilis congênita. II- Se o teste rápido para HIV for negativo, não se deve permitir a amamentação ao seio imediatamente após o nascimento. III- Se HBsAg for negativo, deve-se vacinar contra hepatite B e aplicar imunoglobulina da hepatite B em sítios musculares diferentes. Marque a alternativa correta.

A
Apenas I.
B
Apenas II.
C
Apenas III.
D
Apenas I e III.
E
I, II, III.
Adolescente de 15 anos, sexo feminino, é levada ao ambulatório por seus pais, preocupados com sua magreza. Relatam que a filha apresenta medo intenso de ganhar peso, analisa todas as calorias dos alimentos que vai ingerir, está sempre procurando sites de alimentação na internet com objetivo de se manter abaixo de 40 kg. Exame físico: emagrecida; palidez cutâneo-mucosa; P: 39,5 kg (abaixo de pB); altura: 1,58 m (p50); IMC: 15,8; FC: 48 bpm; Tax.: 36°C; PA: 100 x 65 mmHg. Estadiamento de Tanner: M4P4. A hipótese diagnóstica mais provável é:
Um menino com síndrome de Down está com 8 meses de idade e tem história de obstipação desde o nascimento. Nunca recebeu aleitamento materno. O médico solicita o exame de enema baritado, onde observa-se zona de transição. O diagnóstico mais provável é:
A bronquiolite é uma doença predominante viral, sendo o Vírus Sincicial Respiratório (VSR) o responsável por mais de 50% dos casos. Sabendo que algumas crianças podem evoluir de forma grave, pode-se afirmar que os fatores de risco de gravidade são:
Relacione corretamente os dados maternos com as manifestações clínicas no recém-nascido e assinale a alternativa CORRETA: Doença Materna: A - Coxsackie vírus; B - Lúpus eritematoso sistêmico; C - Rubéola; D - Diabetes mellitus. Doença Neonatal: I - Miocardiopatia hipertrófica; II - Bloqueio atrioventricular total; III - Miocardite congênita; IV - Persistência do canal arterial.
Compartilhar