Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Ginecologia

Doenças sexualmente transmissíveis e infecções geniturinárias são causas frequentes de procura por consultas ginecológicas. Acerca dessa patologia, assinale a opção correta.

A
A vaginose bacteriana é uma das formas mais frequentes de vaginite e costuma cursar com pH vaginal menor que 4,5, oscilando entre 3,2 e 4,0.
B
Na gravidez, ocorre aumento do pH vaginal e melhora da imunidade local, levando a menos incidência de candidíase vaginal.
C
A avaliação de secreções vaginais e endocervicais é fundamental no diagnóstico de doença inflamatória pélvica. Após o diagnóstico, é mandatória a internação hospitalar, porque esquemas de tratamento ambulatoriais não mostram efetividade.
D
A úlcera genital indolor, não acompanhada por linfadenopatia inguinal, é ocasionada provavelmente pelo Treponema pallidum.
E
As verrugas genitais externas são manifestações de infecção por papilomavirus humano e a laserterapia apresenta melhor eficácia e menor risco de recorrência quando acompanhada com outras modalidades terapêuticas.
Lactente de 7 semanas de vida, filho de mãe HIV+, sem intercorrências pós-natais, eutrófico e mamando fórmula láctea modificada para o primeiro semestre de vida, deve estar em uso, no momento, de:
A alternativa farmacológica ao fechamento cirúrgico da persistência do canal arterial (PCA), no período neonatal, é:
Um trabalhador de uma oficina mecânica é internado, na emergência, com cólicas abdominais, naúseas, vômitos, diarreia, mialgia, fraqueza e anemia microcítica e ferropriva. Suspeita-se de intoxicação por um agente químico. Entre as alternativas abaixo, o agente químico, com maior probabilidade de ser o responsável por esse quadro clínico, é:
Sobre o empiema pleural, qual é o principal item do tratamento?
Compartilhar