Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Dona Glória, 62 anos, viúva, prendas do lar procurou seu médico com queixa de dispneia para caminhar no plano, edema de mmii, “falta de ar que piora à noite, melhorando quando ela se levanta e vai para janela tomar ar”. Ao exame o médico verificou pressão arterial de 140/90 mmHg, frequência cardíaca = 105 bpm. Trouxe um RX de tórax realizado em serviço de urgência que revelava índice cardio-toráxico = 0,6 e edema pulmonar interticial. Segundo os critérios de Boston para o diagnóstico da insuficiência cardíaca, qual a classificação para Dona Glória?

A
Diagnóstico definido.
B
Diagnóstico possível.
C
Diagnóstico provável.
D
Os dados fornecidos pelo caso acima não permitem fazer a classificação diagnóstica segundo os critérios de Boston.
Sobre os aneurismas de Artéria Poplítea, é correto afirmar que:
Sobre hemicraniectomia descompressiva, afirma-se: 1. É indicada em casos de edema cerebral difuso na Tomografia de crânio e evidência de hemiação cerebral.; 2. Entre as complicações, estão o desenvolvimento de higromas, hidrocefalia e problemas com reabsorção óssea após cranioplastia.; 3. O prognóstico após hemicraniectomia é melhor em adultos que em crianças.
Um homem de 45 anos, em investigação de colelitíase, realizou ultrassonografia abdominal, com achado de cisto complexo de 3 cm no maior diâmetro, no pólo superior do rim esquerdo. Foi realizada uma Tomografia Computadorizada de abdome para avaliar o incidentaloma, com laudo confirmando o tamanho e o aspecto da lesão, "altamente sugestiva de carcinoma de células renais". Não havia, ao método, evidência de adenopatia, metástases, envolvimento intravascular ou invasão de glândula adrenal ipsilateral. A intervenção inicial mais apropriada no caso é:
Considere um paciente masculino de 56 anos que chega ao pronto-socorro com uma hérnia encarcerada. Analise as informações abaixo e assinale a única alternativa CORRETA.
Compartilhar