Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Duas semanas após a realização de uma colecistectomia laparoscópica, uma paciente de 30 anos apresenta-se ictérica. O exame ultrassonográfico do abdome revela leve dilatação das vias biliares intra e extra-hepáticas com imagem ecogênica produzindo sombra acústica localizada no colédoco distal. A melhor conduta nesse caso é:

A
Reoperação por videolaparoscopia
B
Reoperação por laparotomia
C
CPRE com papilotomia endoscópica
D
Biópsia
L.D.T., 68 anos, sexo masculino, comerciante, informa ser portador de doença hemorroidária há vários anos. No início, apresentava sangramento discreto e dor, evoluindo atualmente para exteriorização em todas as evacuações, que requerem manobras digitais para sua redução. Prurido moderado. Como comorbidade apresenta diabetes, insulinodependente e, relato de valvuloplastia. Em relação a este paciente, assinale a afirmativa CORRETA:
Recém-nascido, peso de 4.020 g, nascido de parto vaginal, com extração difícil na hora do parto, apresenta membro superior direito em adução e rotação interna do braço e pronação do antebraço. O reflexo de Moro é ausente deste lado e a preensão palmar é preservada. A hipótese diagnóstica mais provável é:
Paciente do sexo feminino, 45 anos, 60 kg, submetida à gastrectomia subtotal distal no tratamento de carcinoma gástrico distal, sem intercorrências anestésico-cirúrgicas. No pós-operatório imediato, a paciente recebeu 2000 ml de SGI 5% e 27 ml de NaCl 20%; apresentou 900 ml de diurese, não apresentando perdas adicionais, o que concorreu para um balanço hídrico positivo nesse período. Em relação à prescrição de hidratação venosa para o 1° dia pós-operatório (para 24 horas) assinale a opção INCORRETA:
Em relação à analgesia pós-operatória podemos afirmar, EXCETO:
Compartilhar