Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Infectologia

Neurologia

Nefrologia

Durante uma visita domiciliar, você se depara com um caso de acidente com animal peçonhento. Como o tratamento baseia-se em soroterapia específica, é fundamental a identificação do animal agressor, seja por seu reconhecimento direto, seja por meio de um quadro clínico, uma vez que as características fisiopatogênicas das peçonhas de ofídios do mesmo gênero são semelhantes. Dentro do processo de caracterização etiológica dos acidentes ofídios, os sinais e sintomas de aparecimento precoce esperados são:

A
Dor imediata, edema e rubor locais, bradicardia e diarreia nos acidentes por serpentes do gênero Lachesis.
B
Dor imediata, edema e rubor locais (com choque nos casos graves) nos acidentes por serpentes do gênero Crotalus.
C
Dor imediata intensa, sinais locais discretos e hemoglobinúria nos acidentes por serpentes do gênero Latrodectus.
D
Ptose palpebral bilateral (fácies miastênica), oftalmoplegia e paralisia velopalatina nos acidentes por serpentes do gênero Bothrops.
E
Aumento do tempo de coagulação, insuficiência renal aguda e hemorragias nos acidentes por serpentes do gênero Micrurus.
Maria, 3 meses, vem ao ambulatório com história de regurgitação, caracterizada por cerca de 4 episódios ao dia, desde o primeiro mês de vida. Não há associação com tosse ou apneia. O peso e desenvolvimento estão adequados. Qual das condutas abaixo não é apropriada para o caso?
Prematuro de 27 semanas e 1080g, com 60 horas de vida, está em ventilação mecânica com parâmetros mínimos após ter recebido 2 doses de surfactante. A primeira, com 2 horas, e a segunda, com 12 horas de vida, respectivamente. Há 3 horas, apresenta queda da saturação com necessidade de aumento de parâmetros ventilatórios. Ao exame, apresenta frequência cardíaca entre 168 a 180 bpm, precórdio hiperdinâmico, sopro sistólico em terceiro espaço intercostal esquerdo e pulso amplo. Gasimetria, com aumento de PCO2 e dimuição da PaO2. Neste momento, o diagnóstico mais provável, devido à piora clínica deste prematuro, é:
Quanto á rinossinusite no adulto é correto afirmar que:
São considerados critérios para TRALI (“Transfusion-Related Acute Lung Injury”):
Compartilhar