Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

É um achado incompatível com o diagnóstico de morte cerebral:

A
presença de reflexos tendinosos profundos.
B
retirada plantar.
C
reflexos tônicos cervicais.
D
presença de convulsões.
E
N.R.A.
Paciente masculino, 77 anos, nascido e procedente de Curitiba, admitido com dor abdominal em baixo ventre, difusa, de início há 3 dias, de moderada intensidade, contínua, associada à calafrios. CHV- Nega tabagismo. Interrompeu etilismo há 30 anos. Natação 5 vezes por semana. Medicamentos: Antiinflamatórios para coluna. Exame Físico - Bom estado, lúcido, corado, hidratado, febril. CPP livres. Abdome plano, renitente, doloroso à palpação na porção inferior, discretamente distendido e timpânico. Ruídos hidroaéreos discretamente diminuídos. Hemograma com VG 45%, Leucócitos de 15.500. Bastões 10%. Radiografia com pneumoperitônio extenso sob o diafragma à esquerda. Durante a vídeo-laparoscopia evidenciou-se líquido purulento na cavidade abdominal. Baseado nessas informações as hipóteses diagnósticas mais prováveis são:
Quanto ao tratamento da angina instável e do infarto agudo do miocárdio sem supradesnivelamento do segmento ST, é CORRETO afirmar:
O tromboembolismo pulmonar (TEP) agudo é situação clínica comum associada à alta morbidade e mortalidade, quando o tratamento não é instituído de forma adequada. Como a sua apresentação clínica é variável, estima-se que 50% dos casos de TEP agudo não são diagnosticados; portanto, é fundamental identificar os doentes em risco, seguir investigação diagnóstica e iniciar o tratamento recomendado. Dado esse contexto, assinale a alternativa INCORRETA:
Presença de hipercelularidade mesangial e endotelial, infiltrado glomerular polimorfonuclear, depósitos imunes, granulares, subendoteliais de IgG, IgM, C3 e depósitos subepiteliais em forma de corcovas (humps) caracterizam anatomopatologicamente a:
Compartilhar