Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Hematologia

Hepatologia

Em 1988 morre o famoso cartunista Henfil, contaminado pelo vírus da aids em transfusões sanguíneas necessárias ao controle da hemofilia. Somente após 13 anos, em 2001, foi aprovada a “Lei Betinho” que normatiza o controle do sangue em nosso país. Esta lei define, entre outras, a obrigatoriedade da triagem clínica de doadores. Uma vez coletado o sangue do doador, a etapa seguinte se fundamenta na triagem laboratorial com o objetivo de identificar doenças potencialmente transmissíveis. Das enfermidades avaliadas através destes testes de triagem, aquela que apresenta o maior período de janela imunológica é:

A
aids.
B
hepatite C.
C
tuberculose.
D
toxoplasmose.
Acerca da avaliação e do tratamento de pacientes politraumatizados, julgue o item subsequentes. Os sinais mais precoces de síndrome compartimental são o deficit motor e o desaparecimento do pulso distal.
As afecções urológicas, tanto benignas quanto malignas, apresentam elevada prevalência. Acerca dessas doenças, julgue o item que se segue. No tratamento da fasceíte necrosante, conhecida como gangrena de Fournier, a colostomia derivativa é indicada na fase precoce e deve ser realizada no primeiro desbridamento das áreas necrosadas.
Considere que um paciente com dor na fossa ilíaca direita há 12 horas, associada a febre e vômitos, tenha o diagnóstico clínico de apendicite e deva ser submetido a tratamento cirúrgico. Diante desse quadro clínico, julgue o próximo item. A artéria que nutre o apêndice é ramo da artéria cólica média.
Considerando a importância da avaliação clínica e laboratorial pré-operatória no preparo de pacientes para operações eletivas, julgue os itens a seguir. A dosagem de glicemia de jejum é mandatória em pacientes com colelitíase, em decorrência da elevada prevalência de intolerância à glicose nesses pacientes.
Compartilhar