Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

Em 85% dos traumatismos torácicos apenas observação ou drenagem é realizada. Toracotomia de emergência será necessária quando:

A
Drenagem inicial pelo tubo de 1.000 ml de sangue.
B
Após drenagem inicial, débito de 250 ml por hora pelo dreno.
C
Se foi lesão por arma de fogo de grosso calibre.
D
Lesão de ducto torácico.
E
Ferida aberta torácica
Mãe fez pré-natal completo e exames sem alterações, e apresenta bolsa rota há 25h e líquido amniótico claro. Recém-nascido de 38 semanas, peso ao nascimento 3.550 g. Apgar 7 no 1º minuto e 9 no 5º minuto, após receber oxigênio inalatório. Exames na urgência evidenciaram: leucócitos globais = 23.600/mm³; bastonetes = 6%; segmentados = 47%; eosinófilo = 2%; monócito = 2%; linfócito = 43%; plaquetas = 260.000/mm³; I/T 0, 113; proteína C-reativa negativo. Ficou no Hood durante 40 minutos. Escolha a opção com a conduta adequada para este caso:
Mãe diabética com 34 anos e sem contexto infeccioso, tem parto por via vaginal de um recém-nascido com 35 semanas de gestação. Ao nascimento, apresentou Apgar 7 e 8, mas evoluiu com dificuldade respiratória acentuada (Boletim de Silverman-Anderson 6), sendo necessário o uso de CPAP nasal. Hemograma normal. Ainda não foi possível realizar o estudo radiológico de tórax. Além de distúrbio da glicose, qual outra doença explicaria o quadro acima descrito?
Analisando uma criança normal no ambulatório, observaram-se as seguintes habilidades: a) anda com apoio; b) solta um objeto sob comando; c) aproxima-se quando chamado e d) emite uma ou duas palavras com significado. Levando-se em consideração as diretrizes com referência à faixa superior de normalidade, você diria que esta criança tem:
Recém-nascida de parto normal, a termo, adequada para a idade gestacional, APGAR 8 e 9, com características de Síndrome de Turner. Apresenta no segundo dia de vida, taquidispneia, com tiragem intercostal, ritmo cardíaco regular em três tempos, frequência cardíaca elevada, sopro sistólico na região paraesternal esquerda no terceiro espaço intercostal, pressão arterial em membro superior direito elevada, fígado a 4 cm do rebordo costal direito. O diagnóstico mais provável é:
Compartilhar