Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Em geral, as reações por contrastes iodados, são causadas por:

A
Mediação por linfócitos T
B
Hiposmolaridade
C
Ativação direta do complemento
D
Imunocomplexos
E
Degranulação dos mastócitos
Uma paciente de 45 anos apresenta-se com quadro de dores em todo o corpo, de evolução gradual há seis meses, mas que parece ter aparecido após o falecimento da sua mãe. Refere sono não reparador, fadiga intensa, insônia terminal e ansiedade. Nega rigidez matinal e emagrecimento, mas refere que as articulações lhe parecem inchadas. Ao exame físico, não há sinais de sinovite. A musculatura é dolorosa em diversos locais à palpação, mas não há fraqueza muscular. A paciente traz exames: hemograma normal, uma velocidade de hemossedimentação de 11 mm na primeira hora, uma proteína C reativa de 0,2 (para um normal de 0,5) e TSH dentro dos valores normais. Creatinofosfoquinase e aldolase também são normais. Um FAN (fator antinuclear) mostrou-se positivo, com padrão nuclear pontilhado fino denso e titulação de 1:80. Com relação a essa paciente, é INCORRETO afirmar:
Em relação ao diagnóstico da tuberculose, assinale a alternativa INCORRETA.
Qual a melhor droga IV para tratamento das crises convulsivas da eclampsia?
No choque obstrutivo por tromboembolismo pulmonar, como se encontram as seguintes variáveis hemodinâmicas: DC (débito cardíaco), RVS (resistência vascular sistêmica), RVP (resistência vascular pulmonar), PVC (pressão venosa central), PAPO (pressão da artéria pulmonar ocluída)?
Compartilhar