Questões na prática

Dermatologia

Em lesão maligna de pele cuja ressecção envolve grande perda supericial de tecido, sua reconstrução deve ser feita preferencialmente:

A
com enxerto fino.
B
com retalho microcirúrgico.
C
com grande e espesso retalho.
D
com enxerto de pele total.
E
mesmo sob forte tensão, com sutura bordo a bordo.
Paciente de 76 anos, sexo masculino, com plenitude pós-prandial há três meses, seguida de vômitos pós-alimentares. Relata emagrecimento de 9 kg neste período (peso habitual 70 kg). Realizou endoscopia digestiva alta que evidenciou lesão ulcerada localizada no terço distal do estômago, impedindo a passagem do endoscópio. O exame anatomopatológico de biópsia realizada durante a endoscopia, mostrou tratar-se de carcinoma do tipo intestinal de Laurén. Radiografia de tórax e tomografia computadorizada abdominal sem alterações significativas. Foi indicada terapia nutricional pré-operatória por sete dias. Dentre as opções terapêuticas abaixo, assinale a mais adequada.
Paciente do sexo feminino, 51 anos, melanodérmica, apresenta colecistolitíase sintomática. Foi indicada colecistectomia laparoscópica. Exames clínicos pré-operatórios não revelaram quaisquer alterações. Dentre as opções abaixo, assinale aquela que corresponde ao melhor conjunto de exames pré-operatórios de rotina para essa doente:
Em relação à intubação traqueal, podemos afirmar:
Lactente, 3 meses de idade, pesando 5 kg, portadora de síndrome de Down (trissomia 21), é atendido no UBS. HMA: a mãe relata que a criança está com falta de ar. Ela conta que o bebê sempre teve falta de ar, principalmente quando mama, mas que piorou há 2 dias. Ela nega febre, tosse, coriza ou outros sintomas. EF: as vias aéreas estão pérvias, mas ela respira com dificuldade, com FR: 66 irpm. As mucosas estão rosadas. Há batimento de aleta nasal, retrações intercostais e subcostais e gemência. A ausculta respiratória revela murmúrio vesicular simétrico com estertores subcrepitantes em todos os campos pulmonares. O ritmo cardíaco é regular, sem sopros, com FC: 168 bpm, PA: 75 x 42 (59) mmHg, pulsos periféricos e centrais amplos, tempo de enchimento capilar de 2 segundos, SaO2 95% em ar ambiente. O fígado palpável a 5 cm do rebordo costal direito na linha hemiclavicular direita. O diagnóstico mais provável é:
Compartilhar