Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Em paciente cirrótico com nódulo hipervascularizado medindo 4 cm, com trombose portal associada e alfafetoproteína com alteração significativa, o provável diagnóstico é:

A
Doença metastática de provável origem colorretal.
B
Colangiocarcinoma, pois a alfafetoproteína é marcador específico desse tipo de câncer.
C
Doença de Caroli.
D
Hepatocarcinoma.
E
Rabdomiossarcoma.
AMMS, 45 anos, diabético, DPOC, foi internado no pronto-socorro com quadro de obstrução intestinal baixa. Durante a investigação diagnóstica, se confirmou um tumor de cólon direito como causa da obstrução. Apresentava hemoglobina de 8,0 g%, albumina de 2,8 g/dl. Foi submetido a uma hemicolectomia direita com anastomose primária com duração de 5 horas, sem intercorrências. O fechamento de aponeurose foi feito com fio monofilamentar não absorvível. Evoluiu com abscesso de parede detectado no quinto dia de pós-operatório. Qual o fator de risco deste paciente não é causa para infecção de sítio cirúrgico?
Em relação ao crescimento da criança, assinale a alternativa incorreta.
Paciente apresentando lesão localizada em uma das coxas, que se caracteriza por ter eritema, edema, calor local, dor, ser limitada, com febre inferior a 38ºC, traduz:
Um paciente de 42 anos, masculino, apresenta-se a um serviço de emergência com queixa de dor abdominal difusa de forte intensidade, iniciada subitamente há 6 horas. Ao exame possui facies de dor e abdômen com rigidez intensa e defesa involuntária difusa. Seus exames de laboratório são inocentes, exceto por discreta leucocitose sem desvios. A rotina de abdome agudo mostra uma lâmina de ar abaixo da cúpula diafragmática direita. Apesar de todos os cuidados pós-operatórios, o paciente evolui com gravidade e é transferido ao CTI com um importante distúrbio ácido-básico, com os seguintes parêmetros - pH baixo, PCO2 normal e HCO3 baixo. Com base nestes dados, sabemos tratar-se de:
Compartilhar