Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Pneumologia

Em paciente com SIDA, apresentando linfonodomegalia hiliar e mediastinal e acometimento intersticial pulmonar em associação com quadro neurológico de meningite, deve-se SUSPEITAR de: Referência: GOLDMAN, L.; AUSIELLO, D. Cecil - Tratado de Medicina Interna - 21ª Edição

A
Linfoma
B
P. carinii
C
Histoplasmose
D
Sarcoma de Kaposi
E
Criptococose
Em lactente de 8 semanas suspeita-se de estenose hipertrófica do piloro. Um achado considerado patognomônico desta anormalidade e que indica o tratamento cirúrgico é :
Com relação ao atendimento inicial a um recém-nascido em sala de parto, pode-se afirmar que:
Lactente com 3 meses de idade procura o Posto de Saúde com queixa de tosse persistente há 3 semanas, gemente e inapetente há 2 dias. Nega febre durante toda a doença. Nascido de parto normal, a termo, peso adequado para idade gestacional, Apgar 9, 10. Consultas anteriores: aos 7 dias de vida, icterícia fisiológica e aos 30 dias de vida, conjuntivite. Leite materno exclusivo. Ao exame físico: Peso 5100 g, comprimento 60 cm. BEG, FR 58 irpm, FC 120 bpm, temperatura axilar 36,5 ºC. Ausculta pulmonar com MV presente e estertores subcrepitantes disseminados. Restante do exame sem anormalidades. Radiografia de tórax mostra opacidade heterogênea no lobo superior direito. Hemograma: 10 g Hb, Leucócitos 13000 (bastonetes 1%, segmentados 34%, eosinófilos 9%, basófilos 1%, linfócitos 40%, monócitos 5%). Qual o mais provável diagnóstico para esse caso?
Dentre as complicações do tratamento conservador dos traumatismos hepáticos, podemos citar, EXCETO:
Compartilhar