Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Pneumologia

Em paciente com SIDA, apresentando linfonodomegalia hiliar e mediastinal e acometimento intersticial pulmonar em associação com quadro neurológico de meningite, deve-se SUSPEITAR de: Referência: GOLDMAN, L.; AUSIELLO, D. Cecil - Tratado de Medicina Interna - 21ª Edição

A
Linfoma
B
P. carinii
C
Histoplasmose
D
Sarcoma de Kaposi
E
Criptococose
Uma lactente de 3 meses de idade apresenta febre há 48 horas e está sem ganhar peso adequado desde a sua última consulta médica há 20 dias. Após investigação de outros dados de anamnese e exame físico foi observado comprometimento do estado geral e a presença de fimose. Foi então pensado em se tratar de infecção urinária, entre outras possibilidades. Dentre as condutas abaixo, qual a mais adequada em se tratando de infecção urinária a fim de confirmar o diagnóstico?
Paciente de 32 anos, nuligesta, chega ao consultório com relato de dor pélvica crônica desde os 25 anos. Refere ciclos menstruais de 25 dias de duração com 8 dias de sangramento de moderada intensidade. Dismenorreia, náuseas e vômitos são frequentes durante a menstruação. Existe melhora dos sintomas com contraceptivos orais, mas a paciente relata parada do uso há 2 anos. O exame físico da paciente é normal. O diagnóstico mais provável é:
Mulher de 22 anos realiza exame citopatológico de rotina e o resultado no laudo é de lesão epitelial de baixo grau. Qual a conduta mais correta?
Recém-nascido de 39 semanas de gestação, pesando 4000 g, apresentava limitação do movimento do membro superior direito, braço em adução, rotação interna, extensão do cotovelo, pronação do antebraço e presença do reflexo de preensão. Qual é o diagnóstico mais provável?
Compartilhar