Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Em pacientes clínicos hospitalizados, NÃO é considerado fator de risco para tromboembolismo venoso:

A
Doença inflamatória intestinal
B
Infecção
C
Síndrome nefrótica
D
Desnutrição
E
Câncer
Paciente do sexo masculino, com 53 anos de idade, com diagnóstico de varizes de esôfago há 3 anos por hipertensão do portal de etiologia esquistossomótica, deu entrada no pronto-socorro, com história de vômitos com sangue em grande quantidade há 1 hora. Ao exame, pressão arterial = 70 x 40 mmHg, pulso fino de 120 bpm, pele fria, sudorese e confusão mental. Qual a melhor conduta?
Nódulos de Heberden e Bouchard são característicos de:
Segundo dados do Ministério da Saúde, a prevalência de tuberculose no Brasil é de 58 casos por 100.000 habitantes, com aproximadamente 50 milhões de infectados e 6.000 óbitos ocorrendo anualmente. Com relação a essa doença, julgue o item que se segue. No Brasil, em pacientes com tuberculose pós-primária, é comum o achado radiológico de massas no interior do parênquima pulmonar, com porção central necrosada - as chamadas cavitações, frequentemente vista nos segmentos apicais posteriores dos lobos superiores ou nos segmentos superiores dos lobos inferiores.
Segundo dados do Ministério da Saúde, a prevalência de tuberculose no Brasil é de 58 casos por 100.000 habitantes, com aproximadamente 50 milhões de infectados e 6.000 óbitos ocorrendo anualmente. Com relação a essa doença, julgue o item que se segue. Segundo as mais recentes recomendações do Ministério da Saúde, em todos os pacientes sintomáticos respiratórios, ou seja, nas pessoas maiores de 15 anos que busquem serviços de saúde por qualquer motivo e apresentem queixas de tosse e expectoração por três semanas ou mais, deve-se realizar tomografia computadorizada de alta resolução devido a sua elevada sensibilidade e especificidade na detecção de atividade da doença tuberculosa.
Compartilhar