Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Em pacientes com pancreatite aguda biliar grave, qual das medidas abaixo é a mais importante para prevenir complicações da doença?

A
Reposição volêmica intensiva com manutenção de adequado volume intravascular
B
Realização de colangiopancreatografia endoscópica com papilotomia ao final da primeira semana de evolução
C
Uso de antibiótico profilático de rotina
D
Instituição precoce de dieta por sonda nasoentérica
E
Realização de tomografia computadorizada abdominal com contraste no início do quadro
No diagnóstico diferencial entre Esteato-Hepatite Não Alcoólica (EHNA) e a hepatite alcoólica, do ponto de vista laboratorial, podemos considerar como sugestivo da doença não alcoólica:
Um fator associado ao aumento do risco de recorrência de crise convulsiva febril é:
Uma mulher de 28 anos de idade procurou o ambulatório de clínica médica, relatando que há um mês vem apresentando fadiga e fraqueza. Seu exame clínico estava nos limites normais. Nos exames laboratoriais realizados destacaram-se: cálcio sérico ionizado de 8,2 mg/dL (valores de referência: entre 4,6 mg/dL e 5,0 mg/dL); paratormônio = 96 pg/mL (valores de referência: entre 11 pg/mL e 54 pg/mL) e albumina sérica normal. Com base nesses dados, julgue o item a seguir. A hiperplasia (de duas ou mais) glândulas paratireoides é a causa mais frequente dessa doença.
Escolar de nove anos é levado ao atendimento médico por apresentar há três semanas, dor em garganta, febre alta e prostração, tendo sido tratado apenas com antitérmicos. Há uma semana, existe um quadro de artrite de caráter migratório, acometendo tornozelos, joelhos, punhos e cotovelos. Exames laboratoriais indicam: leucocitose, VSH:50mm, ASO 1250 U todd. Nesse caso, o provável diagnóstico é:
Compartilhar