Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Em proporção significativa de casos o diabete melito é assintomático. O rastreamento para diabete melito deverá ser providenciado nas seguintes situações, EXCETO:

A
Quando forem identificados fatores de maior risco com antecedente familiar de diabete melito(mãe ou pai); idade maior que 45 anos; história de macrossomia ou diabetes gestacional; diagnóstico prévio de síndrome dos ovários policísticos.
B
Indivíduos com sintomas do tipo fadiga, prurido cutâneo e vulvar, balanopostite e infecções de repetição.
C
Indivíduos com neuropatia, retinopatia, ou doença cardiovascular aterosclerótica.
D
Indivíduos com glicemia de jejum entre 110 e 125mg/dL repetidamente.
E
Indivíduos com glicemia de jejum maior que 126mg/dL repetidamente.
Paciente submetida a colecistectomia, por colelitíase, apresenta quadro de icterícia flutuante no 3°mês de pós-operatório. A causa mais provável é:
A prevalência mundial da Diabetes Melito (DM) aumentou drasticamente nas últimas décadas. Estíma-se um crescimento ainda maior em um futuro próximo. A partir desses achados, em bases epidemiológicas nacionais, poderíamos afirmar quanto a esta complexa condição de saúde:
São características da síndrome hepatorrenal, EXCETO:
No controle de pacientes diabéticos busca-se atingir níveis de hemoglobina glicada entre 6,0 e 7,0%. No entanto é importante conhecer as situações que geram erros de interpretação deste exame, tais como:
Compartilhar