Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Em que situação a drenagem tubular fechada em selo d'água não está indicada?

A
Empiema pleural
B
Derrame pleural tuberculoso
C
Quilotórax
D
Pneumotórax pequeno sintomático
E
Derrame pleural metastático recidivante
Paciente é encaminhado ao PS com hipótese diagnóstica de surto psicótico. A confirmação diagnóstica será dada pela presença característica de consciência:
Paciente com 34 anos de idade, diabético há 16 anos, tratado com hipoglicemiantes orais e que há três meses está apresentando calosidade plantar no pé esquerdo. Há uma semana notou saída de secreção purulenta nesta região, com odor fétido e sangramento esporádico. Ao exame físico observaram-se pulsos arteriais podálicos presentes e normais em ambos os membros inferiores e mal perfurante plantar em região da articulação metatarso-falangiana do hálux esquerdo, com saída de secreção purulenta. A provável etiologia desta lesão é:
Paciente de 70 anos, portador de litíase biliar, apresenta dor abdominal, febre e icterícia. Ao exame, encontra-se confuso e hipotenso, e detecta-se leucocitose com desvio à esquerda, elevação de bilirrubinas, fosfatase alcalina, gamaglutamiltransferase e de transaminases. Com achado ultrassonográfico de dilatação de vias biliares intra e extra-hepáticas, é certo afirmar que:
Hepatopata, com grave comprometimento da qualidade de vida é candidato ao transplante hepático, uma vez que esgotadas outras formas de tratamento clínico. São indicadores de alerta para necessidade de realização do transplante:
Compartilhar