Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Em que situação pode se optar pelo uso de fibrinolítico no paciente com embolia pulmonar?

A
Instabilidade hemodinâmica.
B
Infarto pulmonar sem disfunção de ventrículo direito.
C
Dispneia com hemoptoicos.
D
Dispneia com frequência respiratória > 30 ipm.
E
Todas as alternativas estão corretas.
Com relação às hérnias inguinais, assinale a resposta CERTA:
Com relação à asma, correlacione as colunas abaixo e assinale a alternativa CORRETA: I. Pico de fluxo expiratório (PFE) pré-broncodilatador entre 60 e 80% do previsto. II. Crises infrequentes, algumas requerendo curso de corticosteroide. III. Tratamento com beta-2 de curta duração, por via inalatória para alívio dos sintomas. IV. Tratamento com beta-2 de curta ação se necessário, corticosteroide inalatório, beta-2 de longa ação, antileucotrienos, xantinas e corticosteroide por via oral. V. Dispneia moderada com sibilos localizados ou difusos. VI. Pico de fluxo expiratório (PFE) menor que 30% previsto, Sat.O2 menor que 90%, PaCO2 maior que 45mmHg. ( ) Asma persistente leve. ( ) Asma persistente moderada. ( ) Asma intermitente. ( ) Crise de asma grave. ( ) Asma persistente grave. ( ) Crise de asma muito grave.
Contitui-se, dentre as abaixo, na neoplasia de tireoide com melhor prognóstico:
Com relação às drogas para o tratamento do tabagismo relacione as colunas: A- Bupropiona B- Vareniclina C- Clonidina D- Terapia de reposição da Nicotina 1- Risco de convulsões. 2- Deve ser introduzida tão logo o paciente pare de fumar. 3- Suspensão abrupta pode ocasionar crise hipertensiva. 4- Reduz a satisfação de fumar por efeito antagonista ao da nicotina.
Compartilhar