Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

Em relação à abordagem ao paciente com queimaduras, marque a alternativa INCORRETA:

A
As queimaduras epidérmicas não são computadas para fins de cálculo de superfície queimada.
B
São critérios para encaminhamento à internação ou manejo por especialista: idade inferior a 5 anos ou superior a 60 anos, queimaduras de espessura parcial em mais de 10% da superfície corporal ou de espessura total em qualquer extensão.
C
Para o manejo inicial do paciente com queimadura ser efetivo e minimizar o aprofundamento da lesão, deve ser providenciado resfriamento da lesão em até 5 minutos após o acidente, se possível com água corrente ou gelo.
D
Estima-se que 90% dos pacientes queimados não requerem hospitalização. Os acidentes domiciliares correspondem a 65% dos casos, sendo o escaldamento a causa isolada mais frequente.
Em relação ao refluxo vesico-ureteral primário da criança, podemos assinalar que:
Escolar de sete anos com quadro há 24 horas de cefaleia generalizada, febre elevada, fotofobia, náuseas e vômitos, confusão mental e irritabilidade. Ao exame físico, temperatura de 39,5ºC, irritabilidade ao manuseio, perfusão periférica de 2 segundos, rigidez de nuca. No manejo desta situação, assinale as alternativas que estão corretas: I – O exame fundamental a ser colhido é o liquor. II – A restrição hídrica deve ser empregada para se diminuir o risco da Secreção Inadequada do Hormônio Antidiurético (SIHAD). III – A droga de escolha para o tratamento empírico é a penicilina. IV – O uso de corticosteroides demonstra melhor evolução a curto prazo, quando associado aos antibióticos. V – A hemocultura pode ser utilizada para ampliar a possibilidade de identificação do agente etiológico.
Homem de 75 anos com diagnóstico de fibrilação atrial procurou o Pronto Socorro com queixas de dor persistente, parestesia, paralisia de pododáctilos e diminuição de temperatura em membro inferior esquerdo, de início súbito, há 6 horas. Não estava recebendo anticoagulação plena. O exame físico evidenciou ausência de pulsos femoral, poplíteo e distais neste membro. Com relação ao caso em questão pode-se afirmar que:
Assinale a alternativa que NÃO precisa ser evitada no caso de paciente do sexo masculino com diagnóstico de paralisia periódica hipercalêmica.
Compartilhar