Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Em relação à doença hipertensiva específica da gravidez (DHEG):

A
Pode ser classificada em leve, moderada e grave, com edema, hipertensão e proteinúria
B
A DHEG é mais comum nas multíparas podendo também ocorrer primíparas
C
é hipótese diagnóstica quando se tem hipertensão arterial maior ou igual a 140/90 mmHg e proteinúria > que 300 mg/24 horas, consequente a não ocorrência da segunda onda de invasão trofoblástica
D
Confirmado o diagnóstico o parto é programado para 34 semanas completas
Paciente de 30 anos, feminina, queixa-se de dor abdominal em cólica e períodos de diarreia alternando-se com obstipação há 3 anos. Os sintomas são intermitentes com períodos variáveis de remissão. O exame físico, hemograma, proteína total e frações e VHS sem anormalidades. O diagnóstico mais provável para o caso é:
O reparo de feridas é o esforço dos tecidos para restaurar a função e a estrutura normais após o trauma. A esse respeito, a sequência correta nas fases da cicatrização é:
Uma criança apresenta exantema eritematoso puntiforme, palidez perioral e linhas nas dobras de flexão, com posterior descamação extensa. Esses achados são característicos do diagnóstico de:
Qual item contém a sequência correta em termos de frequência de apresentação fetal?
Compartilhar