Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Em relação à doença hipertensiva específica da gravidez (DHEG):

A
Pode ser classificada em leve, moderada e grave, com edema, hipertensão e proteinúria
B
A DHEG é mais comum nas multíparas podendo também ocorrer primíparas
C
é hipótese diagnóstica quando se tem hipertensão arterial maior ou igual a 140/90 mmHg e proteinúria > que 300 mg/24 horas, consequente a não ocorrência da segunda onda de invasão trofoblástica
D
Confirmado o diagnóstico o parto é programado para 34 semanas completas
Paciente masculino, 74 anos, portador de hipertensão arterial, em uso de losartan 50 mg/dia, relata episódio de tontura ao levantar o tronco após amarrar os sapatos. O sintoma durou menos de 1 minuto. Refere episódios prévios semelhantes. Dê a principal hipótese diagnóstica e conduta:
Paciente masculino, de 64 anos, em consulta com o seu médico de família e comunidade, relata uma história progressiva de dificuldade miccional, com diminuição importante de força no jato urinário. Nega febre, calafrios, prostração e dor pélvica. Refere também episódio de retenção urinária aguda, há duas semanas, que necessitou de sondagem vesical. Ao toque, apresenta próstata aumentada, indolor, tensa e sem nódulos. Assinale a alternativa que contenha a melhor conduta a ser tomada pelo médico:
Paciente de 32 anos de idade, previamente hígido, com história de cólica renal há 2 dias, sem febre e diagnóstico de cálculo de 0,4 cm, localizado no ureter distal esquerdo com hidronefrose leve associada. A tomografia computadorizada de abdome apresenta borramento da gordura perirrenal ipsilateral e o cálculo tem densidade de 1.200 U.H. Qual o tratamento preferencial para esse paciente?
Identifique a alternativa INCORRETA a respeito do cisto do ducto tireoglosso.
Compartilhar