Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Em relação à doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), assinale a alternativa correta:

A
A cessação do tabagismo tem pouca influência sobre a progressão da doença.
B
Os agentes bacterianos mais encontrados na exacerbação da DPOC são Haemophilus influenzae, Streptococcus pneumoniae e Morraxella catarrhalis.
C
Os corticoides sistêmicos não trazem benefício no tratamento da exacerbação do DPOC.
D
As metilxantinas são consideradas drogas de primeira linha no DPOC estável, devido a sua segurança e ao seu efeito broncodilatador potente.
E
O tabagismo leva à progressão para a DPOC em cerca de 80% dos tabagistas de longa data.
Um homem de 49 anos com história de hemoptise vai ao consultório. É solicitada uma radiografia de tórax que evidencia massa de 5 cm no lobo superior do pulmão direito. A punção com agulha fina da massa mostra células compatíveis com carcinoma anaplásico de pequenas células. Ao exame físico, são notados edema de face, edema dos pés e hipertensão sistólica. A cintilografia óssea não mostra metástases. A coloração imuno-histoquímica das células tumorais tende a ser positiva para:
Um homem de 55 anos, com insuficiência cardíaca congestiva, vem em tratamento com aspirina, enalapril e furosemida. Durante o acompanhamento, nota-se aumento progressivo das escórias nitrogenadas e hipercalemia. Retirado o enalapril, aos poucos a calemia e a creatinina sérica voltam ao normal. Algumas tentativas de reintroduzir tanto inibidores da enzima conversora de angiotensina quanto antagonistas do receptor da angiotensina levaram novamente aos efeitos citados. Visando a aumentar sua expectativa de vida e prevenir aqueles efeitos colaterais, a combinação de drogas que deve ser usada para substituir o enalapril no tratamento deste paciente é:
Jovem procura seu médico, por quadro iniciado há dois meses, de febre vespertina, sudorese noturna e perda ponderal. É percebido aumento de volume na região cervical compatível com linfonodomegalia, que é biopsiada com exame histopatológico, mostrando doença de Hodgkin tipo predomínio linfocitário. Dos achados abaixo, o que confere pior prognóstico para o paciente é a presença de:
Paciente tem diagnóstico de lúpus eritematoso sistêmico há 4 anos, com acometimento renal hematológico, neurológico e cutâneo, dependente de corticoide. Nos últimos 6 meses usou 10 gramas de corticoide e 6 gramas de ciclofosfamida. Há dois meses vem queixando-se de dor na região do quadril direito, principalmente no final do dia após longas caminhadas. A provável causa da dor é:
Compartilhar