Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Em relação à fisiopatologia da pré-eclâmpsia, pode-se afirmar que: I. a invasão do trofoblasto nas artérias espiraladas é incompleta; II. existe redução da ação de prostaciclina na circulação materna e aumento da ação do tromboxano; III. o volume plasmático, em relação à gestante normal, encontra-se contraído; IV. na pré-eclâmpsia a perfusão renal está aumentada. Das afirmações, somente estão corretas:

A
I, II e III.
B
I e III.
C
II e IV.
D
III e IV.
E
I e IV.
Que alteração é frequentemente encontrada no exame de fundo de olho em paciente com pré-eclâmpsia?
Paciente masculino, 23 anos, trabalhador braçal refere dor em região inguinal direita e abaulamento até região escrotal aos esforços. Considerando a classificação de Nyhus a hérnia deste paciente seria do tipo.
Paciente masculino, 82 anos, apresentando quadro de disúria + polaciúria + febre há 3 dias. Nas últimas 24 hs, começou quadro de desorientação no tempo e espaço + agressividade + alucinações visuais + agitação psicomotora. Segundo esposa, o mesmo é hígido, independente e nunca teve quadro semelhante. Qual dos itens abaixo define melhor o diagnóstico e o melhor tratamento para este distúrbio de comportamento?
Assinale a alternativa que responde CORRETAMENTE à pergunta. Paciente do sexo masculino, 55 anos de idade, portador de hipertensão arterial (enalapril 10 mg/dia), diabetes melito (glimepirida 2 mg/dia) e transtorno bipolar (lítio 300 mg/dia e imipramina 100 mg/dia), é trazido por familiares à emergência hospitalar devido a agitação, alucinações, tremores, rubor, mioclonias e taquipneia. Qual o diagnóstico mais provável?
Compartilhar