Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Geral

Em relação a hérnias umbilicais, é correto afirmar que:

A
Nos adultos, a maioria dos casos é congênita não diagnosticada na infância e não adquirida na vida adulta.
B
Uma vez diagnosticadas na infância, devem ser operadas a fim de evitar seu encarceramento, complicação com alta incidência.
C
São raras em prematuros pelo baixo peso destes e consequentemente menos pressão intra-abdominal.
D
Na vida adulta, são mais comuns em mulheres, configurando relação com o sexo masculino de 3:1.
Homem, 65 anos, refere dor e desconforto na região inguinal direta, que se acentua aos esforços. Ao exame, palpa-se massa de cerca de 3 cm, indolor, consistência elástica, móvel ao exame e, conforme a variação da pressão abdominal faz protrusão na parede. Em relação a esta situação, são apresentadas as assertivas a seguir. I. Trata-se de hérnia direta por persistência do conduto peritônio-vaginal. II. O risco de encarceramento é maior já que se trata de hérnia direta. III. Trata-se de hérnia direta medial aos vasos epigástricos inferiores. Qual é a alternativa correta?
Os pontos anatômicos que dividem as hemorragias digestivas e a obstrução intestinal em alta e baixa, respectivamente, são:
Quanto ao câncer de próstata, assinale a alternativa INCORRETA:
Para um paciente cujo esfregaço de sangue periférico apresente macrocitose e hipersegmentação de neutrófilos, qual das condições abaixo não deve ser considerada?
Compartilhar