Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Nefrologia

Em relação à IRA (insuficiência renal aguda), assinale a alternativa INCORRETA.

A
Síndrome hepatorrenal é uma forma agressiva de IRA, com várias características da pré-renal.
B
IRA do tipo pré-renal é considerada a causa mais comum, estando relacionada à hipoperfusão renal.
C
A IRA pós-renal é causa pouco frequente (5% do total), podendo ser unilateral ou bilateral.
D
IRA do tipo intrínseca ou orgânica pode ser decorrente de lesão nefrotóxica, isquêmica, vascular ou intersticial.
E
IRA decorrente de traumatismo ou cirurgias são situações que cursam com prognóstico mais reservado.
Com relação às dermatofitoses, assinale a alternativa INCORRETA.
Uma senhora de 60 anos vem à consulta por dor no joelho direito. Refere que a dor a acompanha há mais de 5 anos, progredindo lentamente,sendo pior nos esforços e melhorando no repouso, com piora progressiva na capacidade de descer e subir os degraus da escada de seu sobrado. Nega rigidez matinal ou queixas sistêmicas. Ao exame físico, o joelho direito aparenta ser aumentado de volume, com líquido no recesso suprapatelar, com discreto aumento da temperatura local. A paciente não consegue fazer a extensão completa da articulação, e há crepitação no movimento de flexão, que é doloroso. Com relação a essa paciente, é correto afirmar:
Considerando o caso de uma paciente de 48 anos de idade com alterações dos hábitos intestinais, febre e dor abdominal no quadrante inferior esquerdo, assinale a opção correta.
Julgue as situações clínicas apresentadas nos itens subsequentes de acordo com o Programa de Atenção às Doenças Prevalentes na Infância do Ministério da Saúde do Brasil. I. Uma criança com 4 anos de idade, febre e tosse há 3 dias, frequência respiratória de 50 irm, sem tiragem intercostal, sem estridor ou sibilância não deve ter o diagnóstico de pneumonia. II. Uma criança agudamente doente, que consegue mamar no peito da mãe ou beber líquido em um recipiente, que não está vomitando e não apresenta história de convulsões não apresenta sinais gerais de perigo. III. O diagnóstico mais provável de um pré-escolar com queixa de dor e secreção purulenta visível em orelha esquerda há 5 dias é infecção aguda do ouvido. IV. Considere que uma lactente com 2 anos de idade, procedente da periferia de Brasília, seja apresentada na emergência de um hospital com relato de estar com febre há 2 dias, vomitar tudo o que ingere e não ingerir líquidos, e que, no exame físico, apresente rigidez de nuca e petéquias distribuídas pelo corpo. Nessa situação, o diagnóstico mais provável é doença febril. V. O diagnóstico de uma criança com 1 ano de idade, diarreia há 14 dias e sangue nas fezes é desidratação grave. Estão certos apenas os itens:
Compartilhar