Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Dermatologia

Dermatologia

Em relação à leishmaniose visceral, qual das alternativas abaixo não sugere sinal de gravidade?

A
Icterícia.
B
Fenômenos hemorrágicos (exceto epsitaxe).
C
Edema generalizado.
D
Desnutrição grave.
E
Criança com idade superior a 6 meses.
As questões 33 e 34 referem-se ao caso clínico a seguir: Mulher, 26 anos, secundigesta, com teste para gravidez (?hCG - 500mUI/ml) positivo. Pela data da última menstruação, a idade gestacional é de 5 semanas e 3 dias. O exame obstétrico revela útero de volume levemente aumentado, com colo amolecido, principalmente na região do istmo, além de ocupação dos fundos de saco vaginais. Não há sangramento nem leucorreia. No dia seguinte à consulta realiza ultrasonografia (US) que revela um saco gestacional de aspecto regular, compatível com 5 semanas e 6 dias de gestação, sem evidências de eco embrionário em seu interior, colo fechado e ovários normais. A orientação adequada é:
Mulher, 30 anos de idade, no quinto dia pós-operatório do colecistectomia, apresentou-se assintomática, porém, com níveis séricos de sódio 120 meq/L. A conduta é:
Lactente de 10 meses de idade, sem antecedentes de doença respiratória, é levado ao pronto socorro com história de febre e tosse há 72 horas. Ao exame físico apresenta-se em regular estado geral, febril (38,5°C); FR = 55 rpm; FC:110 bpm. À inspeção do tórax observam-se discretas tiragens intercostais. De acordo com as Normas de Assistência e Controle de Infecções Respiratórias Agudas do Ministério da Saúde, o dado clínico sugestivo de pneumonia neste caso é:
O quadril de uma criança apresentando exame físico com teste Ortolani (-) e Barlow (+) podemos dizer que o mesmo é:
Compartilhar