Questões na prática

Pediatria

Doenças Respiratórias

Em relação a otite média aguda (CMA) na infância, o aspecto da membrana timpânica ao exame atoscópico que traduz maior sensibilidade e especificidade para o diagnóstico é:

A
hiperemia
B
perda do reflexo luminoso
C
abaulamento
D
coloração amarelada ou azulada
E
aumento da vascularização
Jovem hígido, destro, estudante de educação física da Univali, praticante de judô e canoagem no Rio Itajaí-Açu, há uns 45 dias iniciou com lesão cutânea, única, assintomática, do tipo “bolinha” de pus, com o tamanho de uma cabeça de prego, no dorso da mão direita e que evoluiu para uma lesão do tipo úlcera, anular, com fundo granuloso e limpo, bordas levemente elevadas, atualmente com diâmetro de 2,0 cm e ausência de gânglios satélites ou linfoadenopatia. Conforme os dados citados acima, entre as intradermorreações listadas abaixo, assinale a alternativa que representa a mais apropriada para a investigação diagnóstica do caso:
Feliciana tem 19 anos e reside no Rio de Janeiro. Em março deste ano, procurou atendimento médico queixando-se de febre, vômitos, mialgias, cefaleia e dor retro-orbitária. Apresentava exantema no tronco, sem outras alterações ao exame físico. Encontrava-se estável, com PA=120x80mmHg, sem manifestações hemorrágicas espontâneas. O médico que a assistiu realizou a pesquisa de hipotensão postural, que foi negativa, e a prova do laço. Esta última foi feita da seguinte maneira: com a paciente sentada, insuflou o manguito do esfigmomanômetro até 130mmHg, por cinco minutos. A seguir, desinsuflou o manguito e, num quadrado de 2,5cm por 2,5cm, contou trinta petéquias. A prova foi considerada positiva. O marido de Feliciana havia recebido diagnóstico recente de dengue. conduta indicada para Feliciana, neste momento, é:
Para o diagnóstico de anemia ferropriva em paciente com insuficiência renal crônica, os exames mais apropriados são:
Criança de 6 meses deu entrada no pronto-socorro com história de 3 dias de diarreia, que se intensificou nas últimas 12 horas. Examinada, mostrava-se desidratada, prostrada, reagindo pouco aos estímulos, com choro débil. Foi iniciada a reidratação, porém a criança faleceu 45 minutos após a internação. O exame físico revelou, além dos sinais de intensa desidratação, evidências de desnutrição. Na Declaração de Óbito deve-se colocar como causa básica a:
Compartilhar