Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Em relação à Pancreatite Crônica pode ocorrer, exceto:

A
Dor de forte intensidade
B
Calcificações na região pancreática
C
Diarréia e esteatorréia
D
Elevação das amilases
E
Elevação de fosfatase alcalina
Um paciente afrodescendente, 64 anos, queixa-se de dores ósseas, fadiga, astenia, soluços e emagrecimento. Ele traz, à consulta, resultados de exames complementares previamente feitos, que revelam: (a) anemia normocrômica e normocítica; (b) hipercalcemia acentuada (14,2 mEq/l); (c) hiperglobulinemia; (d) retenção de ureia e creatinina séricas; e (e) lesões líticas, sem halo de esclerose, na calota craniana, coluna vertebral, costelas e ilíacos. Acerca do caso mencionado, são feitas as seguintes assertivas, uma das quais é FALSA. Qual?
As pancreatites agudas possuem uma ampla variabilidade de gravidade clínica e prognóstico associado, havendo desde quadros de apresentação mais branda, com bom prognóstico, até quadros muito graves, de elevadíssima mortalidade. Ao longo das quatro últimas décadas, diversos critérios e escalas, como a escala de Ranson, a classificação de Balthazar, o escore APACHE II e as dosagens de interleucinas tem sido aplicados ou especificamente desenvolvidos com o fim de estratificar a gravidade e definir o prognóstico dos pacientes vitimados por tal condição. Abaixo são listadas cinco opções de critérios prognosticadores, sendo que uma delas NÃO representa um dos critérios incluídos na escala de Ranson. Assinale esta opção.
Qual das afirmações abaixo, a respeito da colangite, é verdadeira?
Um paciente jovem, com aproximidamente 70 kg de peso, foi vítima de acidente automobilístico com suspeita de trauma abdominal contuso; apresentava-se taquicárdico ( 130bpm), taquipneico ( 30ipm), com pressão arterial 90x 60mmHg. Estava descorado, com dor abdominal e leve defesa à palpação. Sua perda volêmica pode ser estimada em:
Compartilhar