Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

Em relação à propedêutica armada do trauma abdominal, assinale a alternativa CORRETA:

A
O Raio-X de abdômen é importante para avaliar o trauma abdominal contuso bem como o aberto devido à ferida por arma branca.
B
A ressonância do abdômen vem-se firmando como um excelente exame para avaliar o trauma abdominal.
C
A USG tem pouco valor na avaliação inicial do trauma abdominal contuso.
D
No paciente estável com trauma abdominal, o lavado peritoneal tende a ser substituído pela USG ou TC (se esses forem exequíveis).
E
No paciente estável com ferida penetrante de abdômen por projétil de arma de fogo em transição toracoabdominal, a videolaparoscopia é contraindicada.
Doenças sexualmente transmissíveis e infecções geniturinárias são causas frequentes de procura por consultas ginecológicas. Acerca dessa patologia, assinale a opção correta.
Assinale a opção correta com relação aos cuidados no pós-parto e à amamentação.
A inércia secundária pode acometer as fibras miometriais em qual das situações abaixo enumeradas?
Mulher, 73 anos de idade, com hipercolesterolemia, apresentou síncope de duração de 5 minutos em domicílio. Filha nega o uso de medicações, exceto sinvastatina e colírio para glaucoma. Esteve no cardiologista há 3 meses, que não recomendou novas medidas. Foi trazida ao PA onde se apresenta confusa, com pulso radial de 36 bpm, com pausas à inspiração. TA: 120 x 60 mmHg, FR: 20 ipm. Mucosas coradas, sem sinais neurológicos de localização ou de irritação meníngea. Pulmões limpos. Ausculta cardíaca mostra bulhas arrítmicas à custa de pausas, que duram até 30 segundos, além de sopro sistólico suave em foco aórtico. A melhor conduta imediata é:
Compartilhar