Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Em relação à recomendação quanto à suplementação de ferro para lactentes, é correto afirmar:

A
Lactentes nascidos a termo, de peso adequado para idade gestacional, a partir do 6º mês de vida, não necessitam de suplementação de ferro se estiverem ingerindo no mínimo 500 ml de fórmula infantil por dia.
B
Prematuros maiores que 1.500 g e recém-nascidos de baixo peso, a partir do nascimento, deverão receber 2 mg de ferro elementar/kg/dia até o 2º ano de vida.
C
Lactentes nascidos a termo, de peso adequado para idade gestacional, com menos de 6 meses de vida, recebendo leite materno complementado com fórmula infantil, deverão fazer uso de ferro profilático na dose de 1 mg de ferro alimentar/kg/dia.
D
Lactentes nascidos a termo, de peso adequado para idade gestacional, em aleitamento materno exclusivo até os 6 meses deverão receber 1 mg de ferro elementar/kg/dia a partir do 4º mês de vida.
E
Prematuros maiores que 1.500 g e recém-nascidos de baixo peso, a partir do nascimento, deverão receber 1 mg de ferro elementar/kg/dia até o 1º ano de vida.
Um homem de 35 anos apresenta episódio autolimitado de diarreia, surgindo, algumas semanas depois, um quadro de poliartrite assimétrica de membros inferiores, dáctil e nos pododáctilos, tendinite do aquileu, lesões superficiais, eritematosas e indolores no pênis. Constata-se que apresenta também uma sacroileíte assintomática e conjuntivite bilateral. Um exame de sangue mostra HLA-B27. O diagnóstico provável deste caso é:
O Staphylococcus aureus pode produzir patologias através de uma toxina ou pela invasão tecidual direita. Uma doença desencadeada por uma toxina estafilcóccica é a:
Dentre as assertivas abaixo, a que não causa cirrose e/ou hepatopatia crônica é:
Para o diagnóstico diferencial das síndromes disabsortivas, podemos destacar como teste mais importante:
Compartilhar