Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Em relação à regulação da resposta imune pelas células T, analise nas afirmativas a seguir: I. Células T migram da medula óssea para o timo, onde começam a expressar receptores para antígenos, sendo que, a maioria destes receptores tem duas cadeias, ? e ?, e são chamados receptores ?/?; II. Como uma consequência da seleção dentro do timo, algumas células T que têm avidez intermediária para autoantígenos entram na periferia, onde têm potencial para se transformarem em células efetoras patogênicas; III. Quando CD80 e CD86, duas proteínas de superfície de células B e células dendríticas, interagem com a molécula CD28 na superfície das células T, ocorre anergia ou tolerância imune, enquanto que a interação com CTLA-4 (“cytotoxic T - lymphocyt-associated antigen 4”) provoca ativação destas células; Analise:

A
Se todas as afirmativas estiverem corretas.
B
Se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
C
Se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
D
Se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.
E
Se nenhuma afirmativa estiver correta.
Paciente de 18 meses apresenta quadro de diarreia importante caracterizada por fezes sanguinolentas, vômitos, dor abdominal difusa, com duração de 10 dias, necessitando de hidratação venosa. No decurso do tratamento, os exames laboratoriais solicitados denotaram o aparecimento de anemia, hematúria, proteinúria e o paciente caminhou para um quadro de oligoanúria. Qual a sua suspeita diagnóstica?
Mulher de 68 anos de idade, professora aposentada, iniciou declínio de memória, sobretudo para fatos recentes e desorientação espacial. Esses sintomas se instalaram de forma insidiosa e foram lentamente progredindo. Alterações de linguagem, distúrbios de planejamento (funções executivas) e de habilidades visuoespaciais surgiram com a evolução do quadro há 18 meses. A paciente sempre foi considerada saudável e não apresentava comorbidades. Após avaliação neurológica, foram solicitados exames laboratoriais, ressonância magnética do crânio e avaliação neuropsicológica, sendo diagnosticada como tendo demência primária cortical e medicada com um inibidor da acetilcolinesterase. Qual foi o provável diagnóstico clínico?
Mulher de 60 anos, diabética e com história de convulsões, consultou por desejar orientações para parar de fumar, encontrando-se motivada para realizar o tratamento. Negava sintomas depressivos. Relatou fumar 20 cigarros/dia desde os 20 anos. No teste de Fargerström, sua pontuação foi 8. Diante deste quadro, qual a conduta mais adequada?
Útero de Couvelaire é uma complicação que pode ocorrer em 20% dos casos de descolamento prematuro de placenta. Caracteriza-se por:
Compartilhar