Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Pneumologia

Dermatologia

Em relação à tuberculose, é incorreto afirmar que:

A
A tuberculose pleural e a ganglionar são as formas mais comuns de tuberculose extrapulmonar.
B
O líquido pleural na tuberculose pleural é uma exsudato com a adenosina deaminase (ADA) geralmente acima de 60 UI.
C
O tratamento da tuberculose pulmonar na gestante não deve ser alterado, mantendo-se o esquema 1 com rifampicina, isoniazida e pirazinamida.
D
São causas de hiporreatividade ao teste tuberculínico realizado com o PPD as neoplasias, a AIDS e a desnutrição calórica proteica.
E
Na tuberculose pleural, a pesquisa de BAAR (bacilo álcool-ácido resistente) no líquido pleural apresenta uma positividade maior que 70%.
Uma mulher de 76 anos iniciou nitrofurantoína há 1 dia para tratamento de infecção urinária sintomática. De manhã, a filha teve dificuldade para acordá-la e procurou o pronto-socorro. A paciente está rebaixada, letárgica, sem déficits neurológicos focais, P: 112 bpm, rítmico, PA: 86 × 50 mmHg, T: 37,9 ºC, FR: 24 mr/min, com saturação de oxigênio = 88% em ar ambiente. A conduta inicial mais adequada será:
Criança, 3 semanas de vida, nascida a termo, de parto cesárea sem intercorrências, apresenta vômitos não biliosos há cerca de 5 dias, com aumento progressivo em frequência. Ao exame físico, encontra-se desidratada e irritada. No abdome, o peristaltismo é visível no epigastro e palpa-se uma tumoração arredondada no hemiabdome direito, abaixo do fígado. Foi submetida a exames complementares, que evidenciaram hipopotassemia e hipocloridria. Na radiografia contrastada de abdome, evidenciou-se o “sinal do bico do seio”. Em relação a esse caso, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a principal hipótese diagnóstica.
Menino, 4 anos, chega à emergência com relato de que há 24 horas passou a apresentar febre, dor abdominal, dor nos joelhos e nos tornozelos, além do surgimento de lesões de coloração violácea nos membros inferiores. Hemograma: Hb = 12,5 g/dl; Ht = 385; Leucócitos = 6500/mm³ (seg = 30%, eos = 4%, linf = 565 e mon = 10%) e Plaquetas = 250.000. O diagnóstico mais provável é:
Paciente de 55 anos é acompanhada por hipertensão arterial sistêmica (HAS) em uso de hidroclorotiazida há 5 anos. Nos últimos 6 meses, vem apresentado mau controle da pressão arterial e decide-se associar captopril após avaliação que não detectou sinais de HAS secundária. Após 1 mês de uso da combinação, paciente evolui com angioedema facial. Assinale o item abaixo que descreve a conduta adequada nesta paciente:
Compartilhar