Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Em relação ao diabetes insipidus, é correto afirmar que:

A
poliúria acentuada, volume urinário diário superior a 3000 ml e urina hipertônica. Osmolaridade plasmática maior que 300 mOsm/L e densidade urinária maior que 1010.
B
se a osmolaridade plasmática for de 295 mOsm/L ou maior, e a urinária for inferior a do plasma, ou seja, urina hipotônica, com densidade urinária menor que 1010, o diagnóstico de diabetes insipidus já pode ser estabelecido.
C
o teste da deprivação hídrica, no qual se observa a osmolaridade plasmática máxima e a osmolaridade urinária, é especialmente recomendado a pacientes com diurese aquosa e hipernatremia.
D
os pacientes com diabetes insipidus nefrogênico respondem significantemente ao DDAVP (desamino-Darginina-8-vasopressina), o que não é observado na forma neurogênica.
E
ocorrem níveis muito elevados do hormônio antidiurético e isso resulta em surgimento de hiponatremia com níveis de osmolaridade urinária muito reduzidos, caracterizando a diurese aquosa e volumosa desses pacientes.
Homem de 62 anos compareceu ao ambulatório de cirurgia queixando-se de abaulamento na região inguinal direita há seis meses. No exame físico da região inguinal, observam-se alargamento de 4 cm de diâmetro dos anéis inguinais e defeito da parede posterior do canal inguinal, à direita. O paciente refere uma “tumoração” que desce às vezes para o saco escrotal, à direita, sendo reduzido por ele manualmente. Diante do quadro clínico, o provável diagnóstico, tratamento, e complicação pós-operatória mais frequentes são, respectivamente:
São alterações morfológicas encontradas na Tetralogia de Fallot, exceto:
Mulher, 27 anos, sofreu queimadura em toda região cervical anterior, há 8 dias, apresenta áreas de segundo grau superficial e profunda. Foi tratada com curativos locais evoluindo com pequenas áreas de epitelização e granulação, sem infecção. A CONDUTA É:
Jovem, 15 anos, há 10 dias queixa-se de mal-estar geral, dor de garganta, febre não medida e gânglios no pescoço. Exame físico: corado, hidratado, eupneico, baço palpável a 2 cm da borda costal esquerda, fígado não palpável e linfonodomegalia cervical simétrica, dolorosa e móvel. Orofaringe: eritema nas amígdalas e petéquias no palato. Assinale a alternativa CORRETA:
Compartilhar