Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Vascular

Em relação ao diagnóstico do aneurisma da aorta abdominal (AAA), analisar a alternativa CORRETA.

A
Ultrassonografia fornece todos os dados necessários para o tratamento.
B
O exame mais adequado para acompanhar o crescimento do AAA é a ultrassonografia.
C
A tomografia computadorizada apresenta limitações técnicas para a avaliação de aneurismas com áreas de calcificação.
D
Angiorressonância não deve ser usada com frequência por implicar radiação ionizante.
E
Aortografia por cateterismo é método ainda utilizado para avaliar seu diâmetro.
Um paciente de 44 anos, com antecedentes de arritmia cardíaca, foi submetido a uma troca de válvula mitral durante a manhã e, na madrugada, apresenta intensa dor e incapacidade para realizar a dorsoflexão dos dedos do pé direito, além de cianose. O tratamento com analgésico e aquecimento do membro inferior foi ineficaz. O diagnóstico mais provável é:
Homem de 65 anos procurou o pronto-socorro com queixa de dificuldade miccional há três anos, caracterizada por micção com jato fraco e gotejamento terminal, intervalo miccional diurno de aproximadamente uma hora e nictúria de quatro vezes por noite. Há uma semana refere aumento da frequência miccional com micções a cada 10 minutos em pequena quantidade e jato urinário reduzido. Há dois dias apresenta quadro de fraqueza e vômitos. Ao exame físico, apresenta-se afebril, eupneico, pulso = 8 bpm; PA = 150 x 100 mmHg; globo vesical palpável na altura da cicatriz umbilical e o toque retal revelou próstata aumentada com nódulo endurecido de cerca 8 mm na base do lobo lateral D. Os exames complementares revelaram ureia = 90 mg/dl; creatinina = 8,5 mg/dl; sódio = 142 mEq/L e potássio 4,8 mEq/L. A ultrassonografia mostrou bexiga de esforço com resíduo pós-miccional de 400 ml e próstata com peso aproximado de 70 g, além de uretero-hidronefrose bilateral. A melhor conduta inicial consiste em:
Homem, 55 anos de idade, desenvolveu vermelhidão cutânea generalizada e tontura 10 minutos após ter sido ferroado por abelha. Ele chegou ao pronto-socorro 20 minutos depois, com temperatura de 36,9°C. FC=110 bpm, FR=30 ipm, PA=105 x 40 mmHg. Os pulmões estão limpos e não apresenta sopros ou ritmo de galope. ECG mostra taquicardia sinusal. Não usa medicações. Com relação ao paciente descrito, pode-se afirmar que:
A bronquiolite é uma doença respiratória aguda de crianças que incide principalmente durante o inverno e a primavera. Na definição do tratamento, é importante afirmar que:
Compartilhar