Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Em relação ao material para a reanimação neonatal, assinale a verdadeira:

A
Deve estar sempre preparado e verificado antes de qualquer nascimento
B
Só deve estar preparado quando se prevê o nascimento de um RN asfixico
C
Só as fontes de calor radiante, oxigênio e vácuo devem estar preparadas e verificadas
D
A medicação deve ser preparada de acordo com a necessidade do recém-nascido, após o nascimento
E
O berço de calor radiante deve ser imediatamente após o nascimento
Homem de 72 anos de idade queixa-se de dor lombar de forte intensidade há um dia. Dor tem característica em pontada em região lombar alta contínua, sem melhora com analgésicos comuns. Faz uso de estatina por dislipidemia há 10 anos, histórico de urolitíase e é tabagista de longa data. Exame clínico: pressão arterial = 172x102 mmHg, frequência cardíaca = 98 bpm. O restante do exame clínico está sem alterações. Realizando radiografia lombar que se encontra a seguir. (Conforme imagem do caderno de questões). Considerando a principal hipótese diagnóstica, qual dos exames a seguir está indicado?
Mulher de 82 anos, analfabeta, é atendida no ambulatório e é realizada uma Avaliação Geriátrica Ampla (AGA), com os seguintes resultados: De acordo com a AGA, os riscos à paciente são
Paciente com cefaleia em região frontal e maxilar, com sensação de peso ao baixar a cabeça, voz anasalada, rinorreia de aspecto purulento, febre, apatia, tosse que piora ao deitar. O diagnóstico mais provável diante do quadro clínico apresentado é:
Homem 82 anos, tabagista desde os 25 anos, diabético tipo II e hipertenso com uso irregular de captopril. Há 24 horas apresentou dor aguda de forte intensidade e progressiva em região torácica posterior, Nega dor semelhante prévia. Nega claudicação intermitente. Ao exame físico: consciente e orientado, pressão arterial de 200 x110 mmHg, frequência cardíaca de 77 bpm, pulsos palpáveis e simétricos em membros superiores, em em membros inferiores os pulsos distais estavam diminuídos, porém simétricos. O eletrocariograma da admissão era sugestivo de sobrecarga ventricular esquerda. Foi internado, iniciada analgesia e otimizada a terapia anti-Hipertensiva. A dor torácica persistia após 48 horas, com pressão arterial de 140 x 80 mmHg e frequência cardíaca de 55 bpm. A figura abaixo mostra a radiografia de tórax e parte da tomografia. Qual o diagnóstico provável e a melhor conduta?
Compartilhar