Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

Em relação ao politraumatizado, é incorreto afirmar que:

A
choque hipovolêmico pode ser usualmente diferenciado do choque neurológico pela presença de taquicardia no choque hipovolêmico e bradicardia no choque neurológico.
B
um exame inicial normal do abdome não exclui a presença de lesão intra-abdominal.
C
a hipotensão após um traumatismo deve ser considerada de natureza hipovolêmica, até que se prove o contrário.
D
o termo fratura Le Fort IV traduz grave fratura pélvica comumente associada a importante perda sanguínea.
Paciente gestante 36 semanas, dá entrada na unidade de emergência com quadro de convulsões, hipertensão arterial e edema periférico intenso. Sem história de uso de drogas no pré-natal. A melhor conduta terapêutica é:
Paciente de 23 anos, com práticas esportivas regulares, com fratura de fêmur há 2 dias, apresentando dispneia intensa e confusão mental, o diagnóstico mais provável:
Sobre a fibromialgia, é correto afirmar:
Gestante de 24 anos, com 32 semanas de gestação é trazida a emergência pelo CBERJ com relato de desmaio e crise nervosa em via pública. Ao exame apresenta-se torporosa, pupilas isocóricas e fotorreagentes. Sem sinais de irritação meníngea. PA: 180x120 mmHg, fundo uterino de 32 cm, metrossístoles ausentes, tônus uterino normal, movimento fetal presente, BCF 137 sem desacelerações. Toque colo fechado. Feito cardiotocografia com laudo de feto ativo. A melhor conduta neste caso é:
Compartilhar