Questões na prática

Clínica Médica

Dermatologia

Em relação ao rastreamento dermatológico, marque a opção correta:

A
Lesões tipo efélides são consideradas pré-malignas.
B
As áreas expostas ao sol são menos propensas a doenças devido ao uso de protetores solares.
C
Os diferentes tipos de câncer de pele podem ser conduzidos pelo clínico, sem necessidade de referência a um dermatologista.
D
Dorso e pernas, áreas pouco expostas ao sol, não necessitam ser examinadas, pois o risco de melanoma nessas áreas é baixo.
E
Lesões assimétricas, com bordos irregulares, com mudanças de coloração e acima de 6 mm apresentam maior risco de malignidade.
Paciente de 15 anos estava jogando futebol no domingo quando teve trauma em joelho à direita. Vem à unidade de saúde da família com dor à mobilização do joelho. Ao exame: hiperemia, aumento discreto de temperatura, aumento de volume, com presença de edema e ausência de crepitação. A conduta mais indicada nesse caso é:
Dentre os transtornos de ansiedade, alguns podem se manifestar durante o desenvolvimento da criança ou do adolescente. Sobre esses transtornos, é CORRETO afirmar que:
No exame de rotina na Unidade Neonatal, é detectado Sinal de Ortolani positivo no quadril esquerdo de um recém-nascido a termo. A época ideal e o método de imagem mais adequados para confirmar o diagnóstico de doença displásica do quadril são:
Mulher de 68 anos de idade, professora aposentada, iniciou declínio de memória, sobretudo para fatos recentes e desorientação espacial. Esses sintomas se instalaram de forma insidiosa e foram lentamente progredindo. Alterações de linguagem, distúrbios de planejamento (funções executivas) e de habilidades visuoespaciais surgiram com a evolução do quadro há 18 meses. A paciente sempre foi considerada saudável e não apresentava comorbidades. Após avaliação neurológica, foram solicitados exames laboratoriais, ressonância magnética do crânio e avaliação neuropsicológica, sendo diagnosticada como tendo demência primária cortical e medicada com um inibidor da acetilcolinesterase. Qual foi o provável diagnóstico clínico?
Compartilhar