Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Pneumologia

Em relação ao uso dos contraceptivos hormonais orais e ao risco de tromboembolismo, assinale a alternativa INCORRETA.

A
O risco de trombose em usuárias de etinilestradiol é maior durante o primeiro ano de uso.
B
Mulheres portadoras de deficiência de antitrombina III, proteína C ou proteína S apresentam maior risco de trombose em vigência de estrogenioterapia.
C
Mulheres portadoras da mutação do fator V Leiden usuárias de anticoncepcional hormonal têm maior risco de fenômenos tromboembólicos que as usuárias não portadoras.
D
O uso de anticoncepcionais hormonais orais modernos com baixa dosagem de estrogênio e contendo progesterona de terceira geração não aumenta o risco de fenômenos tromboembólicos.
E
Os principais determinantes de risco associado de tromboembolismo ao uso de anticoncepcionais hormonais orais são idade avançada e tabagismo.
Paciente do sexo masculino, 19 anos de idade, sabidamente portador de anemia falciforme, em controle muito irregular, procura atendimento médico referindo-se a fraqueza que vem se agravando nos últimos 2 meses. No exame clínico apresenta-se afebril, anictérico, acianótico, palidez cutâneo-mucosa +++/4+. ACV: RCR2T BNF – FC = 104bpm – PA = 110/60mmHg AR: MV normoaudível, ausência de ruídos adventícios, FR = 16irpm. Abdome: flácido, indolor, ausência de visceromegalias. LABORATÓRIO: Eritrócitos= 1.250.000/mm3 Hb = 6,5g/dl Htc = 17% Leucometria total = 2.850/mm3 Plaquetas = 80.000/mm3 Frente ao quadro apresentado por este paciente, é CORRETO afirmar que:
São diuréticos poupadores de potássio:
Com relação às manifestações extradigestivas da doença do refluxo gastroesofágico (DRGE), é correto afirmar que:
Paciente de 18 anos, iniciou atividade sexual há 02 (dois) anos, com acompanhamento médico regular, fazendo uso de anticoncepcional oral desde então. Procurou ambulatório de ginecologia com história de que o parceiro atual apresentava “verrugas genitais“. Ao exame ginecológico não foi observada qualquer lesão em vulva, vagina ou colo uterino, a visão desarmada. Foi realizada coleta de material para colpocitologia oncótica, cujo resultado foi de Lesão intraepitelial de baixo grau/NIC I. A conduta mais adequada para este quadro é:
Compartilhar