Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Pneumologia

Dermatologia

Hepatologia

Em relação às doenças infecciosas, julguem os itens a seguir e marque a resposta correta. 1- A biópsia hepática deve ser indicada para todos os pacientes com RNA do vírus da hepatite C detectado. A genotipagem deve ser feita no início do tratamento para definir a duração do mesmo. Isto porque, segundo os protocolos de terapêutica, os pacientes infectados pelos genótipos 1 e 2 devem ser tratados por 24 semanas, enquanto aqueles com infecção pelo genótipo 3 devem ser tratados por 48 semanas. 2- Segundo o II consenso brasileiro de tuberculose, um paciente de 46 anos que apresentou escarro negativo para BAAR, com tosse produtiva, perda de peso > 15% do habitual e cavitação pulmonar em lobo superior na radiografia tem indicação de teste terapêutico com esquema RIP. 3- O teste com maior sensibilidade para diagnóstico para parasitológico da Leishmaniose visceral é o mielograma. Em pacientes sem contraindicações clínicas, a primeira opção terapêutica é o antimonial pentavalente. 4- Paciente com dispneia, sialorreia, rouquidão, lesão ulcerada na mucosa nasal, adenomegalia cervical há 6 semanas, em uso de esquema RIP sem melhora clínica há 4 semanas, deve ser investigado para paracoccidiomicose.

A
Somente as afirmativas 2 e 4 estão corretas.
B
As afirmativas 3 e 4 estão corretas.
C
As afirmativas 1, 2 e 3 estão incorretas.
D
As afirmativas 2 e 3 estão corretas.
E
Há duas respostas possíveis.
Ao dar banho em uma criança de 1 ano, a mãe notou uma massa abdominal endurecida e a levou ao pediatra. A criança é assintomática. Ao exame físico, nota-se massa endurecida em flanco esquerdo e presença de aniridia, sem outras alterações. Realizou os seguintes exames: hemograma normal, urina tipo I com hematúria microscópica, radiografia simples de abdome com algumas imagens de microcalcificações e ultrassonografia com massa sólida retroperitoneal. O provável diagnóstico é:
Homem de 35 anos de idade procurou o pronto-socorro com quadro de dor abdominal tipo cólica, acompanhada de náuseas e vômitos. Referiu episódios anteriores semelhantes que melhoraram com antiespasmódicos, além de episódio único de enterorragia em pequena quantidade. Negou cirurgias anteriores. Ao exame físico, notou-se lesões pigmentares mucocutâneas nos lábios e nos dedos da mão. Foi indicada a cirurgia que mostrou intussuscepção jejuno-jejunal. Qual a suspeita clínica?
Com relação as afecções do trato geniturinário na infância, assinale a alternativa INCORRETA.
Criança de 10 anos, previamente hígida, há 6 meses vem apresentando episódios recorrentes de fezes diarreicas sanguinolentas, dor abdominal difusa, inapetência e emagrecimento. Ao exame físico, nota-se que não cresceu e que perdeu 15% do peso em?relação à última consulta, realizada há 8 meses. O abdome está distendido, doloroso, principalmente em fossa ilíaca à direita, com descompressão brusca negativa. O hemograma revelou anemia hipocrômica e microcítica, o protoparasitológico e a coprocultura resultaram negativos, e a colonoscopia revelou alterações inflamatórias segmentares de mucosa, com presença de úlceras profundas, acometendo principalmente o cólon proximal e a região ileocecal, intercaladas com áreas de mucosa normal, incluindo o reto. A principal hipótese diagnóstica é:
Compartilhar