Questões na prática

Pediatria

Ortopedia

Em relação às fraturas expostas: I - São comuns na tíbia devido à falta de cobertura muscular em toda a sua face anteromedial. II - De acordo com a classificação de Gustilo e Anderson, as fraturas expostas da tíbia, com ferida da pele menor do que um centímetro, mas com radiografia demonstrando fratura segmentar, são classificadas como grau III. III - Em fratura exposta grau I (Gustilo e Anderson), deve-se iniciar esquema antibiótico com Cefalosporina de Primeira Geração e Aminoglicosídeo. IV- Os objetivos do tratamento cirúrgico das fraturas expostas da tíbia consistem em lavagem mecânica e cirúrgica, desbridamento dos tecidos desvitalizados e estabilização da fratura. V - A classificação de Gustilo e Anderson leva em consideração a extensão da lesão de pele apenas. Quais das afirmativas acima estão CORRETAS?

A
I, II e III.
B
II, IV e V.
C
I, II, IV e V.
D
I, II e IV.
E
Todas estão corretas.
A estudar a anatomia das artérias coronárias, observou-se que a dominância é atribuída ao sistema da artéria coronária direita (ACD), pergunta-se (assinalar uma resposta correta):
Há várias doenças que causam uma dor visceral, geralmente arrastada e de localização imprecisa na região mesogástrica. A sua causa pode ser por: distensão, inflamação e:
Referindo-se ao tratamento da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), indica-se oxigenoterapia contínua domiciliar quando o paciente tiver:
Em um paciente com taquicardia, hipotensão sintomática, sudorese, enchimento capilar lento e o eletrocardiograma mostrando fibrilação atrial com alta resposta, qual a melhor opção terapêutica?
Compartilhar