Questões na prática

Pediatria

Ortopedia

Ortopedia

Em relação às fraturas expostas: I - São comuns na tíbia devido à falta de cobertura muscular em toda a sua face anteromedial. II - De acordo com a classificação de Gustilo e Anderson, as fraturas expostas da tíbia, com ferida da pele menor do que um centímetro, mas com radiografia demonstrando fratura segmentar, são classificadas como grau III. III - Em fratura exposta grau I (Gustilo e Anderson), deve-se iniciar esquema antibiótico com Cefalosporina de Primeira Geração e Aminoglicosídeo. IV- Os objetivos do tratamento cirúrgico das fraturas expostas da tíbia consistem em lavagem mecânica e cirúrgica, desbridamento dos tecidos desvitalizados e estabilização da fratura. V - A classificação de Gustilo e Anderson leva em consideração a extensão da lesão de pele apenas. Quais das afirmativas acima estão CORRETAS?

A
I, II e III.
B
II, IV e V.
C
I, II, IV e V.
D
I, II e IV.
E
Todas estão corretas.
Paciente, branco, sexo masculino, iniciou, aos 3 anos e 11 meses, edema progressivo até anasarca, em 2 semanas. A genitora relata aumento de 3 kg. Antecedentes pessoais não significativos. História familiar: mãe e tio maternos albinos. Ao exame físico, apresentava-se normotenso, com edema generalizado, peso de 23 kg, altura de 107 cm. Os exames complementares iniciais revelaram hipoalbuminemia de 1,4 g/dl e proteinúria de 4,7 g/dia. O diagnóstico mais provável é:
Vinte e quatro horas após ter recebido as vacinas preconizadas pelo atual calendário básico do Ministério da Saúde para os quatro meses de idade, Ana apresentou crise convulsiva tônico-clônicas generalizadas. Ela já controlava o tônus cervical e apresentava sorriso social, tendo perdido tais marcos de desenvolvimento. Sua gestação e parto não apresentaram intercorrências e ela foi considerada normal até a época dessa ocorrência. Não foi identificado nenhum vínculo epidemiológico com pessoas com doenças febris. A vacina provavelmente relacionada a este efeito adverso grave é a:
Paciente de 74 anos possui cálculo radiopaco observado na radiografia de abdome, de 1,9 cm em cálice superior de rim esquerdo. Relata dor lombar esporádica do mesmo lado, sem hidronefrose, sem febre ou outros sintomas. Das alternativas possíveis qual o melhor tratamento para esse caso?
Paciente masculino 21 anos, é trazido ao pronto-atendimento após impacto em região pré-tibial e tornozelo esquerdo. Ao exame físico da região pré-tibial observa-se: dor e crepitação óssea à palpação e deformidade óssea visível. No exame do tornozelo observa-se: dor, aumento de volume local e acentuada limitação funcional. Não houve possibilidade de verificar a mobilidade para o lado contrário do ligamento pela dor informada. Assinale a alternativa que contém os diagnósticos atribuídos a cada parte afetada e manejo inicial.
Compartilhar