Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Geral

Em relação às hérnias da região inguinofemoral, pode-se afirmar que:

A
O uso de reparo anterior sem o uso de tela de polipropileno, apesar de seu alto índice de recidiva, deve ser considerado em casos de estrangulamento com ressecção intestinal.
B
Pelo baixo índice de encarceramento, as hérnias femorais podem ser manejadas apenas com conduta expectante.
C
A técnica de Lichtenstein é a mais utilizada atualmente, pois a tela é colocada de forma a ocluir todo o orifício miopectíneo, prevenindo o surgimento de hérnias femorais.
D
Hérnias com grande volume de alças em seu interior e com anel herniário alargado são as que mais comumente apresentam estrangulamento.
E
Em mulheres, as hérnias femorais são mais frequentes que as hérnias inguinais.
Paciente jovem consultou por apresentar, há 24 horas, ambos os olhos congestos, com secreção amarelada, sem adenopatia satélite e sem envolvimento corneano. A visão estava preservada. Qual o diagnóstico mais provável?
Pode se desenvolver na recuperação nutricional do desnutrido grave, exceto:
Adolescente politraumatizado foi trazido pelo serviço médico de remição móvel em ventilação mecânica de transporte, com 2 acessos venosos e hemodinamicamente estável. De repente soou o alarme da oximetria de pulso pela hipóxia e taquicardia. São causas prováveis do evento, exceto:
RN a termo, bolsa rota há 36 horas, nasceu com Apgar 6/7; evoluiu nas primeiras 2 horas com taquipneia, taquicárdia, palidez, acrocianose e hipoatividade. Sua conduta é:
Compartilhar