Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Hepatologia

Em relação às pacientes com colelitíase sintomática é correto afirmar:

A
Colecistite enfisematosa deve ser operada em regime de urgência.
B
Colecistectomia não é segura nos dois primeiros trimestres da gestação.
C
Diabéticos devem evitar a cirurgia em função do risco de complicações, principalmente infecciosas.
D
Colecistectomia laparoscópica é mais segura que aberta em pacientes com baixa de reserva pulmonar ou cardíaca.
E
O manejo da colecistite aguda que tem melhores resultados prevê tratamento clínico nas primeiras 3 semanas com colecistectomia imediatamente após.
A base do tratamento medicamentoso para as formas graves dos distúrbios de ansiedade, como transtorno do pânico, é:
Dadas afirmativas que seguem: I- Sintomas como cefaleia, vômitos, convulsões, perda de consciência e ptose palpebral são alguns sintomas de um possível aneurisma cerebral. II- Aterotrombose e aterosclerose na artéria carótida externa podem levar a um acidente vascular encefálico (ou acidente vascular cerebral). III- A retina funcionalmente está dividida em nove camadas sendo uma delas composta por corpos celulares de neurônio unipolares. IV- O estrabismo é um “desbalanceamento” existente na inervação responsável pela motricidade dos músculos extrínsecos dos olhos, podendo a causa deste problema ser genética. V- A criança que nasce com glaucoma ou que desenvolve o glaucoma nos primeiros anos de vida, geralmente apresenta sintomas característicos, como olhos embaçados, sensibilidade à luz, lacrimejamento excessivo, globo ocular aumentado e córnea grande e opaca. Está(ão) correta(s)
Assinale a alternativa que responde CORRETAMENTE à pergunta a seguir. Paciente do sexo masculino, 55 anos de idade, portador de hipertensão arterial (enalapril 10 mg/dia), diabetes melito (glimepirida 2 mg/dia) e transtorno bipolar (lítio 300 mg/dia e imipramina 100 mg/dia), é trazido por familiares à emergência hospitalar devido a agitação, alucinações, tremores, rubor, mioclonias e taquipneia. Qual o diagnóstico mais provável?
Um paciente masculino, 58 anos, DM II, HAS, obeso e dislipidêmico chega ao Pronto-Socorro com dispneia e febre há 2 dias. Tem na radiografia de tórax: imagem de condensação em base e 1/3 médio de hemitórax direito. Ao exame físico apresenta-se com: PA: 78 x 46 mmHg, FC: 108 bpm, FR = 26 ipm, torporoso, glicemia capilar de 256 mg/dl, temperatura axilar: 38,3°C. O diagnóstico sindrômico e a melhor conduta seriam:
Compartilhar