Questões na prática

Pediatria

Preventiva

Pediatria Geral

Em relação às recomendações para o transporte seguro de crianças em automóveis, é correto afirmar que:

A
Da alta da maternidade até a criança completar 1 ano de vida, ela deve sempre viajar no banco de trás do veículo com a cadeira voltada para a traseira do automóvel.
B
Depois que a criança atinge 10kg ela deve ser transportada no banco traseiro com um dispositivo conhecido como “booster”. Esse equipamento é colocado no assento do banco e a criança senta sobre ele, sendo dessa forma posicionada para melhor acomodação do cinto de segurança.
C
Desde que a criança esteja viajando no banco de trás do veículo e em cadeira infantil apropriada, a orientação do assento (voltado para trás ou para frente do veículo) pode ficar a critério dos pais.
D
Especialistas recomendam que até os 7 anos de idade a criança deve sempre andar no banco de trás do veiculo, a partir dessa idade o fato de viajar no banco da frente, desde que presa com cinto de segurança, não aumenta a morbilidade em caso de acidentes.
E
As medidas de proteção quanto ao transporte seguro de crianças em automóveis devem ser adotadas principalmente em trajetos longos e fora do perímetro urbano. Quando as distâncias percorridas forem curtas, os riscos, se as crianças estiverem sendo transportadas fora de assentos, são mínimos.
Paciente 36 anos, sexo feminino, com história de fadiga, constipação intestinal, “esquecimento”. Apresenta-se com a pele ressecada, pulso 60 ppm. A dosagem de T4 livre encontra-se diminuída e a de TSH aumentada. Qual a hipótese diagnóstica mais provável para esse caso?
A seleção pré-operatória de pacientes para a operação de redução de peso deve basear-se estritamente nas orientações do NIH. São eles, EXCETO:
Um garoto de 5 anos de idade se apresenta ao seu pediatra com prurido e dor abdominal. Ele estava bem até 8 dias atrás, quando apresentou um rash cutâneo. Seu abdome iniciou a doer hoje e, portanto, ele foi trazido ao médico. Vacinas em dia, e não toma nenhuma medicação. Ao exame, ele tem um rash cutâneo nas pernas, que consiste em pequenas manchas vermelhas de 1 a 3 mm de tamanho. Seu exame no abdome é inocente, mas a pesquisa de sangue oculto nas fezes é positiva. Ele também apresenta hematúria +/4+. Estes sintomas são relativos ao diagnóstico de:
Durante uma visita de rotina ao pediatra, um garoto de 10 anos de idade apresenta uma glicemia de 220 mg/dL. Após mais algumas perguntas, relata a mãe que ele sempre parece sedento e perdeu vários quilos ao longo dos últimos meses, os quais havia atribuído à intensa prática de futebol e à agitação de sua vida diária. Um exame-fita de urina no consultório mostra 4+ de glicose e 2+ de cetonas. Seus exames iniciais de laboratório mostram Na+ 132, K+ 3,7, Cl- 110, HCO3- 15, glicose 220, ureia 18, creatinina 0,5. Glicemias de jejum em dois dias consecutivos confirmaram os valores iniciais. Nenhuma outra alteração física ou laboratorial é descrita. Com base nessas informações, a etapa inicial mais adequada no cuidado do paciente é:
Compartilhar