Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Ginecologia

Em relação as vulvovaginites, assinale a alternativa incorreta:

A
a vaginite atrófica é conseqüência do déficit estrogênico podendo ocorrer na menopausa e no pós-parto
B
o sniff-test é utilizado para diagnóstico da vaginite fúngica
C
o diagnóstico da tricomoníase é feito pela identificação do tricomonas no exame a fresco da secreção vaginal
D
a vaginose bacteriana é caracterizada pela substituição dos lactobacilos por uma flora mono ou poliforma, constituída de Gardnerella vaginalis, micoplasmas e outras bactérias anaeróbias
E
a mucorreia é o aumento do fluxo vaginal e depende de fatores hormonais, orgânicos e psíquicos
Menino de 1 mês de idade foi trazido pela mãe para revisão de puericultura. Ela informou que o pré-natal fora realizado de forma adequada e que o parto vaginal não apresentara intercorrências. O escore de Apgar foi 9 no primeiro minuto e 10 no quinto. O aleitamento materno foi iniciado já na sala de parto e vinha sendo a única forma de alimentação do lactente. Relatou que o bebê evacuava pouco e que o número de micções durante o dia era reduzido. Na véspera , havia urinado muito pouco. Ao exame, constatou-se que o ganho ponderal fora inferior a 20 g/dia, mas o restante do exame físico estava normal. Qual a hipótese diagnóstica mais provável?
Menino de 15 meses de idade foi trazido à consulta por quadro de resfriado comum. Os pais expressaram preocupação em relação ao desenvolvimento do filho por ainda não apresentar marcha independente. O menino vinha realizando consultas de puericultura de rotina e, ao exame físico, não foram constatadas quaisquer alterações. Os demais marcos do desenvolvimento eram adequados para a faixa etária. Diante deste quadro, que conduta deve ser adotada?
A mononucleose infecciosa é a síndrome clínica mais bem conhecida causada pelo vírus Epstein-Barr (EBV). Tendo em vista essa assertiva, indique a resposta correta.
O sinal da dupla bolha é característico de:
Compartilhar