Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Cardiologia

Um paciente do sexo masculino, 22 anos, vítima de ferimento por arma branca na região infra-mamária esquerda, dá entrada no Pronto Socorro, apresentando pressão arterial sistêmica de 60×10 mmHg, distensão das veias do pescoço e bulhas cardíacas abafadas. Qual a principal hipótese diagnóstica?

A
Contusão cardíaca.
B
Hemotórax volumoso.
C
Infarto agudo do miocárdio.
D
Pneumotórax hipertensivo.
E
Tamponamento cardíaco.
Homem, 65a, há cerca de 1 ano apresenta dor em panturrilha esquerda quando caminha um quarteirão, o que o obriga a parar, havendo piora nos últimos 2 meses, estando com limitação progressiva. Antecedente pessoal: tabagismo (1 maço/dia há 40 anos), nega hipertensão e diabetes. Exame físico: corado, PA= 142x88 mmHg; FC= 66 bpm; temp.= 36,5°C; extremidades: ausência de pulsos em membro inferior esquerdo, pé esquerdo com rubor, temperatura diminuída em relação ao direito, com pele atrófica e sem pelos. Índice tornozelo-braquial: MIE= 0,4, MID= 0,8. Além de orientações para cessar o tabagismo e cuidado com os pés, a conduta medicamentosa é:
Menino de 3 anos apresenta há 2 semanas aumento do volume do hemiescroto direito, mais evidente no fim do dia, indolor. Não apresenta outras queixas. EF: ausência de abaulamento inguinal à manobra de Valsalva, abaulamento do hemiescroto direito, tenso, irredutível à expressão, com transluminação positiva. A conduta mais adequada é
RN prematuro de 36 semanas, nascido de parto normal, foi submetido ao teste do reflexo vermelho (exame do olhinho) cujo resultado foi ausência de reflexo bilateral. A hipótese diagnóstica mais provável é:
Sobre rinossinusite aguda, marque a alternativa INCORRETA:
Compartilhar