Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Em um paciente com eritema nodoso, a presença de linfadenopatia hilar bilateral e uma resposta negativa ao PPD sugere o diagnóstico de:

A
Sarcoidose.
B
Paracoccidiodomicose.
C
Leishmaniose.
D
Histoplasmose.
E
Tuberculose.
Homem, 32 anos de idade, vítima de acidente de motocicleta há 4 meses com fratura vertebral e lesão da medula espinhal (T4) com paraplegia. Tem sensibilidade abolida abaixo dos mamilos, espasticidade muscular nos membros inferiores com exacerbação dos reflexos patelares. Evoluiu com incontinência urinária em uso de fraldas. Faz uso de sulfametoxazol-trimetoprim profilático. Hoje, a família o trouxe às pressas para atendimento médico em virtude de quadro súbito de cefaleia intensa, mal estar e visão borrada. Exame físico: PA 190 x 110 mmHg, FC = 42 bpm, afebril, eupneico, com sudorese facial, palidez abdominal, rubor acima do nível da lesão medular. O diagnóstico mais provável e a conduta imediata a ser tomada são:
A sequência correta para reanimação nos casos de parada cardiorrespiratória intra-hospitalar em pediatria é:
São fatores de risco para osteoporose, exceto:
Criança, 7 anos, refere quadro de coriza nasal, dor e incômodo na garganta há cerca de cinco dias. Nega febre e mialgia. A mãe observou algo na garganta e levou ao atendimento. Na oroscopia foi observado um ponto branco único em amígdala direita e hiperemia de amígdalas. Qual a conduta indicada?
Compartilhar