Questões na prática

Pediatria

Ortopedia

Em uma fratura da pelve tipo “livro aberto”, com instabilidade hemodinâmica aguda na urgência, qual a melhor conduta a ser tomada:

A
Reposição rápida de sangue e derivados seguida de monitoramento no CTI.
B
Internação com instalação de tração transesquelética no fêmur, para posterior tratamento cirúrgico.
C
Instalação, no centro cirúrgico, de um fixador externo de pelve.
D
Embolização ou ligadura arterial imediata pelo cirurgião vascular.
E
NRA.
Podemos afirmar que é correto:
No Brasil, a prevalência da sífilis congênita é de 1 caso para cada 1.000 nascidos vivos, taxa elevada segundo a OMS. Na ausência de pré-natal efetivo, a possibilidade de ocorrerem parto prematuro, morte neonatal e infecção assintomática ou mesmo sintomática é muito grande. Com base nestes dados, considere as assertivas abaixo.I - Sorologia continua sendo o método preferencial para o diagnóstico.II - O tratamento da gestante até a 30ª semana de gestação previne o desenvolvimento de sífilis congênita.III - Títulos persistentes de VDRL após 12 meses de vida sugerem necessidade de reavaliação do paciente. Quais são corretas?
Qual o patógeno da pneumonia na faixa etária de 1 a 3 meses:
Em relação ao trauma torácico: I- A drenagem inicial de 1500 ml de sangue em um paciente com hemotórax traumático é indicação absoluta de toracotomia de urgência. II- Em pacientes com tórax instável, a principal responsável pelo comprometimento respiratório costuma ser a contusão pulmonar associada. III- A toracotomia, na sala de emergência, está indicada para pacientes com trauma torácico contuso, que chegam com atividade elétrica miocárdica, sem pulso. Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.
Compartilhar