Questões na prática

Ortopedia

Em uma radiculopatia compressiva de 1,5 unilateral, qual quadro clínico é compatível:

A
Lombalgia e disestesias em membro inferior
B
Lombociatalgia sem dermátomo específico
C
Hipoestesia em fase lateral de pé
D
Lombociatalgia com irradiação para face enterolateral de perna
E
Arreflexia aquileu
Correlacione as alternativas abaixo relativamente à hipertensão arterial secundária. I-Hipertensão renovascular. II-Hiperaldosteronismo. III-Feocromocitoma. IV-Coarctação da aorta. V-Apneia do sono. A-avaliação dos pulsos arteriais periféricos. B-presença de sopro abdominal. C-sonolência diurna e obesidade. D-presença de hipocalemia. E- dosagem de catecolaminas.
Uma mulher, com 50 anos de idade e utilizando cumarínico, necessita de uma cirurgia em caráter de emergência. Qual a conduta adequada para neutralização imediata dos efeitos cumarínicos?
Sobre a sífilis congênita, examine as assertivas abaixo: I- As gestantes que recebem tratamento para sífilis primária devem repetir o VDRL em 1, 3, 6, 12, 18 e 24 meses depois de terminado o tratamento, para confirmar a resposta terapêutica, ou até o teste torna-se não reagente. II- É considerado um caso de sífilis congênita todo recém-nascido (RN), cuja mãe teve sífilis não tratada ou inadequadamente tratada, independentemente da presença ou não de manifestações clínicas e/ou laboratoriais. III- O FTA-ABS IgG positivo diferencia a infecção neonatal da infecção materna, sendo imprescindível a realização desse exame em RN de mães tratadas de sífilis. Qual a alternativa correta?
Considerando o atendimento ao recém-nascido em sala de parto, assinale a alternativa INCORRETA.
Compartilhar