Questões na prática

Pediatria

Cardiopediatria

Enquanto na maior parte dos adultos as cardiopatias têm origem isquêmica, em crianças as desordens cardíacas são em sua maioria de origem congênita. É considerada a cardiopatia congênita mais frequente na infância:

A
Comunicação Interatrial.
B
Comunicação Interventricular.
C
Persistência do Canal Arterial.
D
Tetralogia de Fallot.
Juliana, 22 anos, solteira, procurou seu médico de família com o exame HCG positivo no dia 10 de outubro de 2008. Relatou que a data de sua última menstruação foi em 25/7/2008. Juliana é mãe de Davi, fruto de um relacionamento passado com Pedro. Vive com sua mãe (Dona Dora), seu pai (Sr. Francisco Eugênio) e 3 irmãs mais jovens solteiras. Estudou até a sétima série, tendo abandonado os estudos para trabalhar em “casa de família”. Relata que a vida em casa está difícil, pois Sr. Francisco é etilista pesado e, apesar de haver períodos raros em que a dinâmica familiar é satisfatória e competente, aqueles disfuncionais e insatisfatórios tendem a prevalecer. Após essa primeira consulta de Juliana, o médico de família solicitou os exames complementares. Assinale a alternativa que contém os exames laboratoriais que devem ser solicitados na primeira consulta de pré-natal:
No item a seguir, é apresentado um caso clínico hipotético relativos as doenças do recém-nascido e do lactente, seguido de uma assertiva a ser julgada. Um recém-nascido (RN) com idade gestacional de 38 semanas, pesando 3,420 g e medindo 50 cm, cuja mãe é primigesta e não realizou consultas de pré-natal, apresentou icterícia clínica com 6 horas de vida. No 3° dia de vida, o valor sérico de bilirrubina indireta era de 19 mg/dL, que persistiu elevada até 14 dias de vida. Nesse caso, a tipagem sanguínea da mãe e do RN e também Coombs direto do RN devem ser realizados, pois o quadro clínico descrito é compatível com doença hemolítica por incompatibilidade ABO.
O esôfago de Barret é confirmado histologicamente pela presença de:
Um dos problemas mais sérios encontrados em até 35% dos indivíduos em espinha bífida e outros distúrbios urológicos que necessitam de cateterismo vesical intermitente e de procedimentos de reconstrução do trato urinário é a alergia ao:
Compartilhar