Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Érika tem 23 anos, mora com seus pais e está cursando a universidade no curso de educação física. De alguns meses para cá vem sendo investigada por causa de crises de hipertensão arterial, cefaleia e palpitações que surgem principalmente após exercícios físicos intensos. Após exames laboratoriais e de imagem, foi confirmado diagnóstico de feocromocitoma. Para chegar ao diagnóstico da doença de Érika você não deve solicitar o exame de:

A
estimulação com glucagon.
B
catecolaminas sanguíneas.
C
supressão com dexametasona.
D
ácido vanil mandélico urinário.
Um jovem dá entrada no pronto-socorro com história de precordialgia típica, após, em uma festa, ter feito uso de cocaína. Qual das opções abaixo NÃO estaria indicada?
Em relação às cardiopatias congênitas, é correto afirmar que:
Paciente de 78 anos, portador de doença de Alzheimer avançada, vem ao pronto-socorro com inapetência, agitação e inversão do ciclo sono-vigília. Ao exame físico, encontra-se hipocorado e desidratado. O abdome possui massa em hipocôndrio esquerdo. Está tarquicárdico e normotenso. Em relação à agitação psicomotora, a melhor conduta é:
Dona Ana da Conceição, uma senhora de 65 anos, teve detectado um tumor mamário em exame mamográfico de rotina, exame que não lhe era habitual realizar. Não se interessou pelo resultado e demorou a procurar um mastologista. Muito religiosa, dizia a si mesma que aquilo não era nada. Apresentando dor na região lombar, resolveu procurar ortopedista, que constatou tratar-se de uma metástase óssea. Realizou cirurgia, iniciou a quimioterapia, mas continuava nervosa, às vezes, triste e quieta. Depois, comentava com amigos e parentes que estava conformada e que essa era "a vontade de Deus". Pacientes conscientes da proximidade de sua morte costumam passar por fases, muito bem estabelecidas e difundidas em unidades de cuidados paliativos. As fases mais adequadas à sequência do relato apresentado são:
Compartilhar