Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Pediatria Geral

Reumatologia

Escolar, 10 anos, relata febre e dores no joelho esquerdo há dois dias, com limitação da movimentação. Acrescenta que outras articulações também têm sido acometidas de forma assimétrica, como punhos e tornozelos. Ao exame, paciente hipoativo, hipocorado, taquipneico, taquicárdico (FC = 124 bpm). ACV:RCR em 2T com sopro sistólico 4+/6+ em foco mitral com irradiação para axila. AR = MVUA com estertores crepitantes em bases; abdome sem alterações. Joelho esquerdo hiperemiado, com aumento do volume articular e limitação da flexão. O diagnóstico mais provável é:

A
sepse.
B
artrite reumatoide idiopática.
C
lúpus eritematoso sistêmico.
D
febre reumática.
E
doença de KAWASAKI.
Paciente do sexo feminino 45 anos com descoberta de lesão polipóide de vesícula, séssil, com 9 mm de diâmetro, com múltiplos cálculos vesiculares, a melhor conduta é :
A bronquiolite viral aguda (BVA) é a mais comum infecção do trato respiratório inferior em crianças pequenas, sendo o vírus sincicial respiratório (VSR) o seu principal agente etiológico. Assinale a alternativa que NÃO caracteriza paciente de risco para a infecção pelo VSR.
Abaixo estão apresentadas recomendações do Ministério da Saúde do Brasil para evitar a transmissão vertical do HIV. Em caso de primigesta infectada por HIV em uso de esquema tríplice (zidovudina, lamivudina e nevirapina) e com resultado da carga viral indetectável, obtido na 35ª semana de gestação, qual delas não está indicada por não trazer benefícios ao binômio materno-fetal?
Pré-escolar de 3 anos é atendido com tosse produtiva, principalmente noturna, e obstrução nasal há 15 dias. A mãe refere infecção de vias aéreas superiores no início do quadro. O diagnóstico provável é:
Compartilhar